Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Estudante realiza sonho ao ser convocado para levar a bandeira do AM no final da Copa

O amazonense Ricardo Albuquerque, de 14 anos, foi escolhido para conduzir a bandeira do Estado no jogo decisivo do Mundial, realizado dia 13 no Maracanã

Sortudo Ricardo e a bandeira do Amazonas

Sortudo Ricardo e a bandeira do Amazonas (Márcio Silva)

Um choro que rendeu uma convocação inesperada e especial. Depois de ver a taça do Mundo de perto, conhecer e conversar com o tricampeão mundial Rivellino, o amazonense Ricardo Albuquerque dos Santos, de 14 anos, achou que já tinha vivido muitas emoções. Mas o que ele não sabia é que elas estavam apenas começando. Apaixonado por futebol e torcedor fiel do Fluminense, o estudante da Escola Estadual Altair Severiano Nunes foi escolhido para conduzir a bandeira do Estado do Amazonas na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo, no próximo dia 13, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Ricardo, ao lado de colegas de aula e de professores, participou do tour da Taça do Mundo em Manaus, que aconteceu no início do mês de maio, no Amazonas Shopping, Zona Centro-Sul. Quando chegou ao local e viu o troféu, ele não aguentou e começou a chorar. A emoção do menino chamou a atenção da organização do evento.

“Eu estava muito feliz de estar ali tão próximo da Taça da Copa, não consegui me controlar e comecei a chorar. Na saída, uma pessoa da organização me chamou e me levou para conhecer o Rivellino. Nossa, foi demais! Eu torço para o Fluminense, e estar perto de um ex-jogador que já brilhou pelo Fluminense foi sensacional”, contou Ricardo.

Antes de voltar a encontrar seus amigos da escola, e depois de ter conversado com o tricampeão mundial, mais uma surpresa. “A mesma moça que me levou até o Rivellino disse que ia me entregar dois ingressos para assistir a um jogo da Copa em Manaus. E, por isso, ela pediu os meus contatos”, revelou. Dias depois, a organização do Tour da Taça entrou em contato com os pais de Ricardo, mas o motivo não eram os ingressos para jogos na Arena da Amazônia Vivaldo Lima.

“Primeiro falaram que existia uma grande possibilidade dele participar do encerramento da Copa, mas a minha esposa e eu esperamos a confirmação para poder contar para ele”, revelou Hereilto Santos, pai de Ricardo. Com a certeza de que Ricardo havia sido escolhido para levar a bandeira do Amazonas no encerramento da Copa do Mundo no Brasil, os pais resolveram contar a boa notícia ao menino. “Quando eles falaram que eu iria participar da final da Copa eu quase não acreditei. Fiquei muito feliz, com certeza será um momento especial e que eu vou lembrar para sempre”, comentou Ricardo.

“Ainda não sei direito o que terei que fazer lá, mas o importante é que estarei no encerramento da Copa no Brasil”, completou.

Ricardo viaja no sábado, dia 12, para o Rio de Janeiro e deve retornar a Manaus na segunda-feira, dia 14, cheio de histórias para contar. Ele merece!