Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Fãs amazonenses de Cristiano Ronaldo contam as horas para jogo válido pela Copa, em Manaus

Loucas pelo craque, Yasmin e Ana Vitória, estão ansiosas para ver o ídolo pessoalmente no jogo entre Portugal e EUA, domingo, na Arena da Amazônia

Além de um vasto arquivo, a fã Yasmin mandou fazer uma tatuagem do CR7

Além de um vasto arquivo, a fã Yasmin mandou fazer uma tatuagem do CR7 (EVANDRO SEIXAS)

Até que ponto vai o fanatismo por aqueles que consideramos nossos ídolos? Para algumas pessoas, vale qualquer “loucura” para provar o seu amor. As coleções de fotos, ou o “monitoramento” dos passos do ídolo pelas redes sociais são atitudes de fãs mais contidas. Mas sempre tem aquela tiete que prefere ir além.

A estudante de Educação Física Yasmin César, 20, resolveu provar toda sua devoção pelo jogador português Cristiano Ronaldo tatuando as iniciais “CR7” bem perto de seu ombro. Torcedora fanática do craque português, ela será uma entre as milhares de “cristianetes” presentes na Arena da Amazônia, no domingo, às 18 horas, quando a seleção portuguesa, de CR7, encara os Estados Unidos, em jogo válido pela Copa do Mundo.

Loucura

A proximidade da data de desembarque do jogador lusitano em Manaus vem deixando Yasmin ansiosa. Ela conta que a admiração por Cristiano começou em 2006. “Digo sempre que não foi amor à primeira vista. Conheci o Cristiano Ronaldo em 2004, mas foi apenas em 2006 que começou tudo. Em um jogo, ele bateu um pênalti e o pai dele havia morrido uns dias antes. Ele fez o gol e apontou para o céu. Naquele momento eu me apaixonei e comecei a pesquisar tudo sobre ele”, relembrou a estudante.

O quarto de Yasmin é a prova do carinho e fanatismo que ela possui por CR7. Inúmeras fotos, pôsteres e quadros estão espalhados por todos os cantos. Yasmin ficou famosa nas redes sociais há três semanas, tudo por conta da tatuagem que fez para Cristiano.

“As pessoas falaram coisas absurdas porque eu fiz isto. Mas, eu não ligo. Essa tatuagem era algo que eu já queria muito. Até minha mãe já sabia que eu iria fazer. Fui ao shopping e na hora optei por fazer e não me arrependo de nada”, afirma.

Um gesto decisivo

Quem também é fã do jogador português é a estudante Ana Vitória, 17. Ela começou a idolatrar Cristiano no ano de 2010, quase que por acaso. “Liguei a TV e estava passando um jogo de Portugal na Copa e foi quando eu vi ele driblando todos os jogadores e eu me apaixonei pelo futebol dele. No ano seguinte, passei a acompanhar os campeonatos europeus só para assisti-lo”, contou. A “cristianete”, ao lado de sua mãe, vai fazer plantão na porta do hotel onde CR7 ficará hospedado em Manaus. Tudo isso, em busca do sonho que é poder tirar uma simples foto ao lado do melhor do mundo.

Nos últimos dias, alguns sites divulgaram que o craque contratou 50 seguranças para sua estadia no Brasil. Mas, para Ana e Yasmin todo esse esquema não será páreo para os planos das duas de chegar perto do craque. “Eles vão ter que tomar cuidado, pois irei ficar na cola deles. Ficar bem perto dele será a realização de um sonho”, destacou Yasmin, que deve dormir pouco até domingo.