Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após derrota, Flamengo se complica na Copa do Brasil

Jogando com equipe mista, equipe carioca perde por 3 a 0 para o Coritiba e vê vaga na Copa do Brasil ficar mais longe

Flamengo sofreu no Couto Pereira e vai ter que ‘rebolar’ no Rio

Flamengo sofreu no Couto Pereira e vai ter que ‘rebolar’ no Rio (Geraldo Bubnia/AE)

Na busca pelo tetracampeonato, o Flamengo não começou nada bem na estreia da equipe Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (27), ao ser derrotado por 3 a 0 para o Coritiba, com direito a gol contra e pênalti, na primeira partida das oitavas de final da competição, no Couto Pereira, na capital paranaense.

Lembrando que o Rubro-Negro entrou na competição nesta fase.

O jogo de volta já acontece na próxima quarta-feira, às 21h (de Manaus), no Maracanã. Para se classificar, o Fla precisa vencer por quatro gols de diferença, ou vencer pelo mesmo placar para levar o jogo para os pênaltis.

Quem passar para as quartas de final, enfrenta ou América-RN ou Atlético-PR. No primeiro confronto, os time de Natal venceu os paranaenses por 3 a 0.

O JOGO

As duas equipes entraram um pouco receosas, não querendo se expor muito nos minutos iniciais. Com isso, boa parte do primeiro tempo foi bastante truncada com jogadas no meio de campo, sem chances claras de gol de ambos os lados.

Mandante, o time paranaense apresentou um pouco mais de volume de jogo, enquanto o Rubro-Negro se aproveitava dos contra-ataques rápidos, mas sem efetividade.

A chance mais clara de abrir o placar veio com Zé Love, em uma boa triangulação, aos 37 minutos. Depois desta ofensiva, o Coxa passou a pressionar o Fla, e quase marcou em duas oportunidades.

MESMO PANORAMA

Buscando dar mais velocidade às saídas ao ataque, Luxemburgo tirou Nixon e colocou Gabriel, entretanto, o Coritiba continuou dominando as atutudes da partida, explorando o lado esquerdo do Rubro-Negro, em cima de Samir.

Contudo, aos poucos, o Fla começou a igualar o padrão de jogo. Mas o Coxa continuava levando perigo ao do Fla.

E de tanto pressionar, o gol do Coritiba acabou saindo aos 15 minutos, após um escanteio onde Robinho achou Leandro Almeida, livre, nas costas de Canteros, que acabara de entrar na partida.

O tento trouxe ainda mais motivação aos paranaenses, deixando a defesa rubro-negra batendo cabeça.

Diante da visível fragilidade rubro-negra, Robinho invadiu mais uma vez pela ponta e cruzou. Luiz Antonio tentou cortar, e jogou contra para o próprio gol. A assim ficou o panorama da partida até o fim.

Presidente criticou

Um lance, em especial, irritou o presidente do clube, Eduardo da Silva, atacante rubro-negro, recebeu uma joelhada pelas costas de Luccas Claro, aos 17 minutos do segundo tempo e, a partir daí, mancou até o término da partida.

“Um juiz desse, que deixa nosso jogador ser agredido covardemente e não faz nada... Quando é o Neymar vira notícia no mundo inteiro. Aqui não fizeram nada”, declarou Bandeira de Mello, lembrando do lance que tirou Neymar da Copa.