Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Lutador de Manacapuru vence Gilmar Manaus em apenas 26s

O lutador Ronys Torres brilhou, na noite da última quinta-feira, no octógono do ginásio do Hotel Tropical, onde foi realizado a 19ª edição do Bitetti Combat

Ronys Torres após a vitória

Ronys Torres após a vitória (Antonio Lima)

Aproximadamente duas mil pessoas estiveram no ginásio do Hotel Tropical para assistir a 19ª edição do Bitetti Combat, evento de MMA realizado em Manaus na noite da última quinta-feira. Com 14 lutas, o evento teve a disputa de dois cinturões nas categorias leve e médios e o nocaute avassalador do manacapuruense Ronys Torres.

Atual detentor do cinturão dos leves do Shooto Brasil, a estrela de Manacapuru, Ronys Torres (Nova União) entrou no octógono e, depois de 26 segundos de luta, levou o público ao delírio quando acertou uma sequência fulminante de diretos e nocauteou outra vez Gilmar Manaus. “É difícil lutar em casa e vencer. Você fica pressionado. Mas consegui manter a tranqüilidade e impor minha tática. Ainda bem que venci em casa”, disse Torres.

Responsável por fazer a luta principal, o manauara peso leve Erick Silva (Amazon Fit) enfrentou Andrezinho Nogueira (Team Nogueira) e depois de um primeiro round morno, onde os dois mais estudaram um o jogo do outro, Andrezinho deu aula de jiu-jitsu e finalizou Erick com uma guilhotina frustrando assim a torcida do lutador que estava no local.

Antes de Erick e Andrezinho lutarem André Sergipano defendeu seu cinturão contra Paulo Filho - o famoso “Paulão” -, que tem em seu cartel vitórias sobre Chael Sonnen Murilo Ninja e Melvin Manhoe e é ex-detentor do cinturão dos médios no WEC – extinto evento de lutas americano), foi equilibrada.

Apesar de toda a má fase de Paulão que não vence a seis lutas, André Sergipano entrou melhor e depois de um primeiro round com pouca trocação, no segundo, André impôs o seu jogo, superando a combinação de socos e chutes de Paulão. No terceiro round André combinou as entradas e saídas com golpes de muay-thay e esperou o tempo passar.

No final da luta, o atual campeão manteve seu cinturão.

Outros resultados

Outro resultado que também levou o público ao delírio foi a vitória do amazonense Naldo Faveloso sobre Wilker Barreto, após uma atuação primorosa do manauara. Michel Sassarito venceu o combate contra Rafael Moreira em uma das melhores lutas da noite.

Enquanto Diego D’avilla abusou da experiência e venceu Marcelo “T Rex” por nocaute no segundo round após interrupção do árbitro. Vitor Hugo também mostrou estar em dia com a arte-suave ao vencer por finalização Alexandre Pescoço ainda no primeiro round. Um dos confrontos mais esperados da noite era entre o manauara Fábio Saci e o carioca Alex Cowboy. Aos 4 minutos e 26 segundos, o visitante acertou uma sequência avassaladora nocauteando o dono da casa.

Graduado

No intervalo do card preliminar para o principal, o prefeito de Manaus, Arthur Neto foi graduado pelo mestre Osvaldo Alves que contou ainda com alguns dos discípulos de Carlson Gracie. Arthur foi graduado para a faixa vermelha 9° grau. “Estou muito feliz de ver tanta gente prestigiando o evento. Estou emocionado”, disse, o após a graduação.