Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Lutadores amazonenses disputam cinturão neste sábado (26), no Amazon Kombat 4.0

Evento começa às 20h deste sábado (26) no Clube dos Sargentos e Subtenentes da PM, na Cidade Nova, Zona Norte. Lutadores invictos buscam cinturão

O Amazon Kombat 4.0 será realizado no Clube dos Sargentos e Subtenentes da Polícia Militar em Manaus

O Amazon Kombat 4.0 será realizado no Clube dos Sargentos e Subtenentes da Polícia Militar em Manaus (Reprodução/A Crítica )

Com oito confrontos, acontece neste sábado (26), a partir das 20h, o Amazon Kombat 4.0, no Clube dos Sargentos e Subtenentes da Polícia Militar, Cidade Nova, Zona Norte. Na luta principal, até 66 quilos, os invictos Júnior Negão e Marcos Marajó brigarão pelo cinturão do evento. Outra novidade será a disputa feminina. Gilsely Perêa tentará tirar o cinturão de Valéria Souza - que conquistou o mesmo ano passado por W.O.

“A quarta edição contará ainda com o GP 52 km, onde quatro atletas terão que fazer duas lutas para conquistarem o título”, explicou Winnetou Almeida, organizador do torneio. Sobre o confronto principal da noite, Almeida disse que o evento foi muito cobiçado por eventos. “Nós escolhemos essa luta com muito carinho, por conta do nível técnico dos lutadores. O evento vem sendo considerado como de peso nacional. Outros eventos queriam incorporar esse encontro entre Júnior Negão e Marcos Marajó, mas nós, com muita humildade conseguimos colocá-lo no Amazon Kombat 4.0”, comentou.

Marcos Marajó, 24, há dois anos não sente o gosto de uma derrota. Sobre enfrentar um lutador que também está invicto, ele afirma que esse fator não o intimida. “Quero lutar sempre contra os melhores competidores. Tenho certeza de que o público verá uma boa luta, não só porque estamos invictos, mas principalmente porque somos bons lutadores e estamos bem preparados”, comentou Marajó.

O lutador paraense pratica jiu-jítsu desde os 16 anos, mas ele diz que está em condições absolutas de derrotar seu opositor. “Eu venho do jiu-jitsu, sou muito bom na luta no chão, mas se tiver que ir para trocação eu vou traquilo. Nos últimos dias treinei muito boxe e muay thai também. Estou 100% preparado tecnica e fisicamente”, afirmou.

Negão

Júnior Negão, de 18 anos, tem sete lutas e sete vitórias. Ele pratica MMA há três anos e há um ano não sabe o que é perder. Ele disse que queria muito enfrentar o Marajó, mas que antes, as agendas deles não batiam e por isso agora está feliz e empolgado com a luta. “Já tem um tempo que queriam ‘casar’ essa luta e agora deu certo. Somos dois bons lutadores e acredito que o público está ansioso para ver esse nosso combate”, comentou.

“Pela nossa qualidade, acredito que esse confronto será decidido ainda no primeiro round, por nocaute ou finalização. Acho que não chega ao terceiro round”, completou Negão.