Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nacional mira na Copa do Brasil de 2014 e tenta esquecer eliminação da Copa Verde

O Leão estreia nesta quarta-feira (12) na Copa do Brasil 2014 em jogo contra a equipe do São Luiz.  Equipe nacionalina pretente 'virar a página' e seguir otimista

Amaral e Nando (da esquerda para a direita) serão titulares

Amaral e Nando (da esquerda para a direita) serão titulares (Evandro Seixas)

O Nacional estreia nesta quarta-feira (12) na Copa do Brasil 2014 na cidade de Ijuí (a 450 quilômetros de Porto Alegre), contra a equipe do São Luiz, no estádio 19 de outubro, às 19h30 (horário de Manaus), disposto a levantar a cabeça e “virar a página” das eliminações na final do Estadual e na Copa Verde - esta última ocorrida contra o Remo, no último domingo, na Arena da Amazônia.

Se vencer o time gaúcho por dois gols de diferença no campo do adversário, o Naça elimina o jogo da volta, previsto para o dia 9 de abril em Manaus e pode enfrentar na próxima fase da competição o Corinthians (SP) ou o Bahia de Feira de Santana (BA) na própria Arena da Amazônia.

Sem o meia Chapinha e o ala-esquerda Fabinho, entregues ao departamento médico, a equipe nacionalina vem com duas mudanças contra o São Luiz. Amaral entra na vaga de Daylson e Nando vai substituir Fabinho. O meia-atacante Bruno Potiguar também viajou com a delegação nacionalina e pode ser utilizado como opção durante a partida.

Autor de um golaço contra o Clube do Remo, num chute de fora da área, Nando quer repetir a boa atuação com a camisa azulina, agora, em terras gaúchas. “Espero ter uma boa participação nessa partida contra o São Luiz; temos que focar no jogo e buscar a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. Podemos voltar a Manaus com um bom resultado”, disse o volante azulino.

Para deixar o time mais ofensivo pelo lado direito e aprimorar uma das armas do Naça - os cruzamentos altos para a área buscando as cabeçadas do atacante Fabiano - o técnico do Nacional, Francisco Diá, optou pelo ala-direito Amaral que entrou bem no lugar de Daylson, contra o Remo. “Agora é trabalhar focado para conquistar a classificação para a Copa do Brasil que é o nosso maior objetivo. Estamos cientes do que temos que fazer para voltar com um bom resultado”, afirmou Diá.