Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nacional treina na Arena da Amazônia com expectativa de ‘derrotar’ o Corinthians

Naça tem reforço de Carlinhos Bala, que esteve no Sport campeão sobre o Timão em 2008, para enfrentar o Corinthians nesta quarta-feira (30), às 21h, em Manaus

Leão fez treinamento coletivo nesta segunda-feira (29) na Arena da Amazônia

Leão fez treinamento coletivo nesta segunda-feira (29) na Arena da Amazônia (Bruno Kelly)

O treinamento coletivo do Nacional na Arena da Amazônia, na tarde desta segunda-feira (28), serviu para o técnico Sinomar Naves tirar as dúvidas finais na equipe, antes do jogo contra o Corinthians nesta quarta-feira (30), às 21h. Ofensividade, contra-ataque “mortal”, jogadas ensaiadas e bolas para área são os pilares do Nacional para vencer a partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil, e forçar um segundo jogo contra o time paulista.

Recentemente contratado pelo clube, o atacante Carlinhos Bala treinou no time reserva, ao contrário do volante Denis, que jogou na equipe em 2013, e apareceu entre os titulares. Sem esconder ou “fantasiar” a equipe, Naves promete um time aguerrido, não diferente da equipe que está classificada para a final do segundo turno do Estadual. “Nossa equipe praticamente é a mesma dos últimos jogos. Temos um comportamento mais ou menos igual em várias partidas, somos uma equipe que sai bem forte nos contra-ataques e esperamos surpreender o adversário”, analisou.

Uma das principais jogadas de contra-ataque sairá dos pés do lateral-direito Amaral - o cruzamento para a área em direção a “cabeçada artilheira” do atacante Fabiano, é considerado destino certo para os gols. “O Amaral é um jogador que trabalha bem, vamos explorar todo grupo. É nesse momento que o bom jogador mostra o seu valor”, afirmou.

Carlinhos Bala, campeão da Copa do Brasil com o Sport em 2008, em cima do próprio Corinthians, e autor do primeiro gol do título da conquista, deverá ser reserva. Mesmo assim, o atacante vive a expectativa de pisar no gramado. “Fui campeão da Copa do Brasil e mais uma vez encontro o Corinthians em uma Copa do Brasil. É sempre uma satisfação”, disse o algoz do Timão.

Em nível nacional

A partida se torna mais um atrativo para os jogadores que não residem no Amazonas. Com mais motivação para “comer a grama”, os jogadores prometem se empenhar, principalmente para os familiares.

“A maioria não são daqui vamos pedir para cada familiar assistir. Vai ser bom demais”, disse o lateral Amaral. O atacante Fabiano foi no embalo: “Meu pai e a mãe no Rio de Janeiro sempre cobram. Vai ser uma motivação a mais”.

Ainda restam ingressos

Com 44 mil ingressos colocados à venda, a diretoria do Nacional espera que a Arena da Amazônia Vivaldo Lima esteja lotada no confronto contra o Corinthians, amanhã.

A dois dias da partida, cerca de 27 mil ingressos foram vendidos pela Internet e nos pontos físicos da capital. As entradas para a área Vip (R$ 120) e de meia entrada (R$ 30) foram as primeiras a se esgotarem, e apenas os bilhetes para as cadeiras ainda podem ser adquiridos pelo preço de R$ 60.

A partir desta terça-feira os ingressos estarão à venda somente na sede do Nacional, localizada na rua São Luiz, em Adrianópolis, na Zona Sul.

Caso os ingressos para o jogo não se esgotem nesta terça-feira, a diretoria do Nacional planejou estender a venda dos ingressos na sede do clube até as 16h desta quarta-feira (30).