Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa do Solimões enfrenta Nacional Borbense no 1º jogo das semis do Estadual

O Princesa volta às atenções para o primeiro jogo da semifinal do turno do Campeonato Amazonense, após perder para o Paysandu, pela Copa Verde

Michel Parintins (ao centro) joga hoje: nos gols, ele festeja como um vaqueiro

Michel Parintins (ao centro) joga hoje: nos gols, ele festeja como um vaqueiro (Evandro Seixas)

Sem tempo para lamentar o chocolate que recebeu do Paysandu, na última quarta-feira, pela Copa Verde, o Princesa do Solimões volta às atenções para o primeiro jogo da semifinal do turno do Campeonato Amazonense. Neste sábado (01), o Tubarão vai até Borba (a 150 quilômetros de Manaus) para enfrentar o Nacional Borbense, às 15h30, no estádio Gerdilson Bentes. O jogo de volta será na próxima Quarta-feira de Cinzas, no Gilbertão, em Manacapuru (a 89 quilômetros da capital).

A equipe, que esta semana encarou uma maratona de viagens por conta dos dois torneios (Copa Verde e Estadual), seguirá para Borba de avião, hoje, às 13h, e deverá ir direto para o campo do confronto.

Nesta sexta-feira (28), o técnico Marquinhos, ainda abalado por conta da derrota no Pará, conversou com os jogadores e destacou, entre outras coisas, a importância de vencer a partida contra o Nacional Borbense.

“Temos que esquecer essa derrota e focar no jogo contra o Borbense. É nossa obrigação vencer esse confronto. Precisamos garantir o resultado positivo para irmos para a final do Estadual. Afinal de contas, ano que vem tem Copa Verde de novo e o campeão deste ano participará do torneio, temos que lembrar disso”, comentou o treinador do Tubarão do Solimões.

O meia Michel Parintins, que costuma comemorar os seus gols com a vaqueirada, tem agradado o treinador.

“Estou gostando muito da atuação do Michel. Ele está muito a vontade dentro do esquema do Princesa, é um ótimo atleta”, comentou.

Marquinhos também acredita que o que aconteceu na Copa Verde (derrotada de 6 a 1 para o Papão) servirá para que os atletas entrem em campo hoje mais tranquilos e determinados a conquistar a vitória.

“Os jogadores estão chateados, não só por conta da derrota para o Paysandu, mas também porque o Borbense não aceitou passar o jogo para domingo. Por isso hoje jogarão com mais vontade ainda de vencer, vamos brigar e garantir essa vantagem”, completou.

Para conquistar a vitória, Marquinhos – que andou insatisfeito com a atuação de alguns atletas no Mangueirão – resolveu mexer no time. Ainda segundo o treinador, as mudanças foram necessárias por conta de cansaço da maratona de viagens e também pela parte técnica do grupo.

“Eu já fui jogador e entendo que eles estejam cansados, mas essa é a rotina que os times profissionais enfrentam, então nós temos que nos adaptar. Fiz três mudanças no time titular porque não estou totalmente satisfeito, aconteceram coisas no jogo em Belém que me fizeram enxergar algumas falhas que precisam ser corrigidas”, pontuou o comandante.

Borba tem alguns problemas

Com folga há mais de uma semana (último jogo foi contra o São Raimundo, no dia 22), o Nacional Borbense chega para enfrentar o Princesa totalmente descansado. Mas segundo o treinador Robson Francisco, o time estreante no Estadual, que tem como objetivo terminar entre as oito melhores equipes, tem alguns probleminhas para o confronto.

De acordo com Robson, o fato do Princesa estar praticamente desclassificado da Copa Verde vai tornar o jogo um pouco mais complicado para o Borbense.

“Com o Princesa praticamente fora da Copa Verde, os jogadores vão fazer de tudo para não perder no Amazonense. Sem contar que eles tem um elenco grande e de muita qualidade, que virá com mais vontade de jogar, são os favoritos, mas nós estamos preparados”, disse o técnico do Borbense.

“Esses dias sem jogar nos ajudaram muito, mas infelizmente nem todos os atletas machucados conseguiram se recuperar. Para o jogo de amanhã (hoje) o goleiro Pablo e o meia Adolfo ainda são dúvidas porque continuam sentindo dores”, concluiu.