Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa do Solimões enfrenta o Brasiliense em clima de tranquilidade nesta quarta (23)

O Tubarão se classifica com um empate ou até com uma derrota por um gol de diferença para a próxima fase da Copa do Brasil

Jogadores do Princesa mostraram entrosamento não só nas jogadas trabalhadas como também na coreografia da comemoração

Tubarão pode até perder por diferença de um gol, nesta quarta-feira (23), em Brasília (Evandro Seixas)

De olho na próxima fase da Copa do Brasil, o Princesa do Solimões enfrenta o Brasiliense nesta quarta-feira (23), às 19h30 (horário Manaus), no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF). O Tubarão - que venceu o primeiro jogo por 3 a 1, em Manaus, na semana passada - se classifica com um empate ou até com uma derrota por um gol de diferença. Já o representante de Brasília tem que fazer pelo menos dois gols e não levar nenhum para permanecer no torneio. O vencedor desse confronto jogará contra o Santos na segunda etapa da competição.

O Princesa seguiu para o Distrito Federal ontem. Antes do embarque o meia Michel Parintins conversou com o CRAQUE e afirmou que o grupo está focado na classificação.

“Temos uma ótima vantagem sobre o Brasiliense, mas somos um time ofensivo, que joga pra frente e é assim que vamos fazer amanhã (hoje). Vamos buscar a vitória, garantir a classificação e dar mais esta alegria à torcida de Manacapuru (a 80 quilômetros de Manaus) e a todos os amazonenses que acreditam no Princesa”, disse o jogador.

O atacante Luiz Carlos declarou ao site do Brasiliense que o jogo contra o Princesa será de “vida ou morte”, mas que o Jacaré conseguirá reverter o resultado do jogo de ida e garantir a classificação. Michel disse que o Brasiliense jogará em casa e por isso precisa mesmo ter toda essa confiança, mas ressaltou que o Tubarão está embalado.

“O Brasiliense é um time de qualidade, que estará em casa e que precisa muito da vitória. Mas o Princesa é um grupo fechado, que está focado em levar o time cada vez mais longe. Vamos dar o nosso melhor amanhã (hoje), assim como fazemos no Amazonense, vamos manter o ritmo e a força”, completou.

Sobre os boatos de que ele e mais dois jogadores do Tubarão estariam sendo assediados por clubes de outros Estados, o meia negou, mas disse que ficou feliz com essa “história”.

“Eu fiquei sabendo disso por vocês (imprensa). Não recebi nenhuma proposta até agora. Mas isso é bom, pois é a prova de que não só eu, mas como todo o grupo do Princesa está fazendo um excelente trabalho. Mostra que estamos sendo valorizados”, comentou.

Michel tem contrato com o Princesa do Solimões até o final do ano e diz que o objetivo dele, por enquanto é a Copa do Brasil e o Campeonato Amazonense.

“Estou muito feliz no Princesa, estamos em um ritmo muito bom no Amazonense e queremos muito conquistar o bicampeonato. Vamos deixar rolar”, finalizou o meia-atacante.