Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Tarumã vence por 2 a 1 o Manaus FC e conquista Campeonato Amazonense de Juniores

As equipes jogaram nesta quinta-feira (31), com direito a uma partida tumultuada, no estádio Carlos Zamith, Zona Leste de Manaus


Tarumã mostrou mais empenho e foi recompensado com o título

Tarumã mostrou mais empenho e foi recompensado com o título (Evandro Seixas)

Com dois gols do atacante Robson, o Tarumã venceu o Manaus FC por 2 a 1 ontem no estádio Carlos Zamith, Zona Leste, e conquistou o título do Campeonato Amazonense de Juniores. Por ter feito melhor campanha, o Gavião do Norte jogava pelo empate, mas não conseguiu segurar o placar que lhe era favorável. A partida foi tumultuada e o árbitro Wesclei Silva, que teve uma atuação regular, expulsou três jogadores: dois do Manaus - Kemerson e Dedé -; e Anderson pelo Tarumã, todos por jogo violento. No final da partida os atletas do Lobo do Norte, como é conhecido o Tarumã, fizeram a festa pela conquista do título Estadual. Com oito gols marcados o atacante Junior, também da equipe campeã, foi o artilheiro da competição.

O Manaus começou o jogo mais ofensivo e chegava com perigo na área do adversário, que saia em contra-ataques. Aos poucos, o Tarumã equilibrou o setor do meio-campo e passou a dominar a partida. Aos 20 minutos, boa jogada do ataque do Tarumã: Junior cruzou na área, a defesa do Manaus ficou olhando e o Robson subiu livre e tocou de cabeça fazendo 1 a 0 para o Lobo do Norte. O gol acordou o Manaus, que avançou o seu meio-de-campo e passou a criar várias oportunidades de gols. Mas falhas nas finalizações dos seus atacantes prejudicaram a equipe.

Aos 32 minutos, o lateral-direito Kemerson fez falta violenta no atacante do Tarumã, Júnior, e como já tinha cartão amarelo foi expulso. Mesmo com um jogador a menos o Manaus não se abateu e chegou ao empate aos 45 minutos. O árbitro Wesclei Silva marcou pênalti do zagueiro do Tarumã, Anderson, no atacante Lucas, do Manaus. O meia-atacante Carlos Felipe bateu com categoria empatando a partida e definindo o placar do primeiro tempo.

Na etapa final, as equipes voltaram mais ofensivas e as oportunidades de gols foram criadas pelos dois times. Aos no ve minutos, falta para o Manaus. Carlos Felipe bateu bem e o goleiro Diego fez grande defesa espalmando para escanteio. A fraca atuação do árbitro Wesclei Silva permitiu que o jogo ficasse violento. Aos 17 minutos, o zagueiro Anderson fez falta em Huendel e foi expulso. Com um jogador a menos de cada lado e com mais espaços no campo, a partida ganhou em movimentação ofensiva. O Manaus teve chance de passar à frente com Huendel que, livre de marcação, chutou fora para desespero do técnico Paulão.

O castigo veio logo depois. Aos 27 minutos, contra-ataque do Tarumã e Ioran entrou livre pela esquerda e tocou para Robson que, dentro da área bateu de primeira fazendo 2 a 1 para o Tarumã. Delírio dos torcedores do Lobo do Norte que estavam em bom número no Zamithão. O melhor jogador do Gavião do Norte, Carlos Felipe, fez fia passando por três jogadores do Tarumã e mandou um balaço de fora da área: mas a bola explodiu no travessão do goleiro Diego. Para complicar ainda mais, Dedé foi expulso por jogo violento. Com nove jogadores, o Manaus era valente, mas o Tarumã administrou o resultado e ficou com o título de campeão estadual.

Herói

O artilheiro Robson estava feliz em ter feito os dois gols da partida. Amazonense, o jogador de 19 anos disse que está sendo sondado por equipes de fora do Amazonas, mas preferiu não revelar quem são elas no momento, para não atrapalhar as negociações. “Fiquei feliz em poder contribuir com os meus companheiros. Treinamos muito essas jogadas durante a semana e, felizmente, deu certo na partida. Tenho propostas de duas equipes de fora do Amazonas, mas vou pensar com calma antes de decidir o meu destino. Por enquanto quero comemorar o título e pensar na Copa Norte de Juniores”, disse o herói do título.