Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Técnico português do Manaus FC mira na vaga da semifinal do returno do Estadual

Time do técnico Paulo Morgado vai a Itacoatiara disposto a surpreender o Penarol, e ainda torcer pelo tropeço do Iranduba diante do Holanda

Time de Morgado subiu de produção no segundo turno

Time de Morgado subiu de produção no segundo turno (Antonio Lima )

O Manaus FC vai a Itacoatiara (a 174 quilômetros de Manaus) disposto a surpreender o Penarol, na casa do adversário e ainda torcer pelo tropeço do Iranduba diante do Holanda, para garantir vaga à semifinal do returno do Estadual.

A partida acontece no Estádio Floro de Mendonça, às 15h, e promete ser uma guerra, porque o Penarol, que também tem chances de classificação, pretende não decepcionar a torcida dentro de casa. “Estamos dispostos a vencer em casa e torcer por uma combinação que nos garanta nas semifinais. Vamos jogar em casa. Isso não deixa de ser uma vantagem”, analisa o técnico Eduardo Clara, que tem uma dúvida no meio de campo entre Cacau ou Marquinhos.

Embora não tenha tido uma boa campanha este ano no Estadual, o Penarol pretende lutar com bravura para dar de presente à torcida uma classificação á semifinal e crescer nos jogos finais. “Temos time para isso e à torcida sempre ajuda o clube”, diz o treinador.

O Leão da Velha Serpa é o terceiro do grupo B, com cinco pontos marcados em 12 possíveis, uma vitória, dois empates e uma derrota. Tem chances de classificação desde que Nacional Borbense seja derrotado pelo Fast Clube e vença o Manaus por boa margens de gols.

Cautela no Manaus Pelo lado do Manaus, a ordem do técnico Paulo Morgado é tomar cuidado com a retaguarda quando a bola estiver com o adversário e atacar com eficiência com a bola nos pés. O objetivo é vencer para repetir o que fez no primeiro turno, quando se classificou à semifinal. “O Penarol é uma equipe muito veloz, perigosíssima nos contra-ataques. Então temos que tomar cuidado. De resto, é só atacar com eficiência, finalizando bem as jogadas que podemos sair com a vitória”, orienta o treinador lusitano.

Morgado definiu uma estratégia com marcação especial sobre Rainer, o homem de criação do Penarol e confia no bom entrosamento trio Kitó, Claudinei e Marinho para conseguir somar mais três pontos aos sete obtidos em 12 possíveis. O time de Morgado tem duas vitórias, um empate e uma derrota, e cruza os dedos para que o Iranduba seja derrotado pelo Holanda.

Borbense luta pela vaga

De olho em uma vaga nas semifinais do returno, o Nacional Borbense enfrenta o já eliminado Fast Clube, neste sábado (12), às 15h30, no campo da Ulbra, Zona Sul de Manaus. Para se classificar sem depender de outros resultados, o Camaleão tem que vencer a partida. Mas caso empate com o Tricolor de Aço, terá que secar o Penarol para poder ficar com uma das vagas do grupo B.

Apesar de estar em uma situação bem mais confortável que a do seu adversário, o técnico do Borbense, Francisco Robson afirma que não existe jogo fácil.

“No futebol ninguém quer perder. O Fast deve entrar com jogadores que não tiveram oportunidade de jogar em outras partidas e com certeza entrarão em campo com muita vontade de vencer e nós temos que ficar atentos”, disse o treinador.

O Borbense, estreante no Amazonense, é apontado como a grande surpresa desta temporada. Chegou à semifinal do 1º turno e agora tem a oportunidade de participar também da reta final do returno. Para o comandante, o segredo do sucesso é o trabalho em equipe.

“Poder chegar mais uma vez à semifinal é muito bom, afinal nossa meta era não ser rebaixado. Isso tudo é fruto de um trabalho sério e muito bem planejado, além claro do elenco de muita qualidade”, completou Robson.