Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Às vésperas da Copa, treinador da Inglaterra descarta reclamações de europeus à Manaus

O técnico da seleção inglesa, Roy Hodgson, afirmou em entrevista coletiva que jamais algum membro do time inglês reclamou da cidade ou de suas condições climáticas

Roy Hodgson [Inglaterra]

Treinador disse a jornalistas: “parem com essa besteira” (Andy Couldridge/AFP)

Três dias antes da estreia da Inglaterra na Copa do Mundo, o técnico da seleção inglesa, Roy Hodgson, concedeu sua primeira entrevista coletiva no Rio de Janeiro. E tratou logo de encerrar qualquer polêmica quanto a reclamações de europeus sobre Manaus, uma das sedes mais quentes do Mundial de 2014.

Hodgson disse que não vê nenhum problema em jogar na capital do Amazonas. Afirmou também que jamais algum membro da comissão técnica inglesa reclamou da cidade ou de suas condições climáticas. Por fim, ainda pôs um ponto final na discussão sobre Manaus: “Temos que parar com essa besteira”, adiantou o técnico.

Hodgson afirmou que não haverá qualquer mudança de formação tática na seleção inglesa por causa do clima de Manaus. Segundo ele, a equipe irá com força máxima para o jogo contra a Itália, na Arena Amazônia, no sábado. Reiterou ainda que não há qualquer orientação para que os jogadores se poupem durante a partida por causa do calor na cidade. “Vamos jogar nosso futebol, na nossa condição. As condições em Manaus são perfeitas para o futebol”, completou .

Antes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo, a opinião de Hodgson sobre Manaus era bem diferente. O técnico veio ao Brasil ver ao vivo a definição dos adversários da equipe inglesa na primeira fase da Copa e disse a jornalista que “Manaus era um lugar para se evitar”.

O fato chegou a gerar uma polêmica. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, chegou a dizer que preferia que a Inglaterra não jogasse na cidade.

Com o passar do tempo do tempo, os ânimos se acalmaram. Tanto é que Hodgson disse ontem que não há motivo para queixas.

A seleção inglesa chegou no domingo ao Brasil. A equipe está hospedada no Rio de Janeiro e tem usado o Centro de Educação Física do Exército, na Urca, para treinamentos.

Na segunda, a Inglaterra fez seu primeiro treino no Rio. A atividade, porém, foi fechada. Nenhum jornalista pôde acompanhar o treinamento, que ocorreu pela manhã.

De tarde, os ingleses foram à favela da Rocinha. Lá, atletas jogaram capoeira com moradores do local.