Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Vasco está 99% certo de jogar, novamente, na Arena da Amazônia; Flamengo, não

Segundo o vice de futebol, Ercolino de Luca, faltam apenas detalhes para que Vasco da Gama x Sampaio Correa se enfrentem em Manaus, na sexta rodada da Segundona. A ideia do Flamengo jogar na capital amazonense não avançou 

Torcedores vascaínos de todas as idades vibraram ao assistir a equipe do coração de perto

Arena ficou lotada para o Vasco X Resende no dia 3 de abril (Antônio Lima)

Ainda cumprindo punição pela briga na última rodada do Brasileiro de 2013, o Vasco se vira para arranjar alternativas e, principalmente, renda em meio à penalidade imposta pelo STJD. Nesta quinta-feira (08), o clube praticamente acertou a realização da sua primeira partida fora do Rio de Janeiro.

Segundo o vice de futebol, Ercolino de Luca, faltam apenas detalhes para que Vasco da Gama x Sampaio Correa se enfrentem em Manaus, na sexta rodada da Segundona. “Estamos definindo os últimos ajustes, mas está 99% fechado que jogaremos em Manaus”, explicou Ercolino.

O departamento jurídico já recebeu o contrato da empresa que organiza a partida e o clube, inclusive, já entrou em contato com o adversário. Como aconteceu contra o Resende, o Vasco joga com uma cota fixa para não depender do tamanho do público na Arena da Amazônia.

O time sul-fluminense recebeu cerca de R$ 250 mil na partida de ida da primeira fase da Copa do Brasil, que teve o maior público do novo estádio construído para a Copa. Mais de 40 mil vascaínos encheram a Arena para o empate de 0 a 0, em renda superior a R$ 2 milhões.

Mengão vai jogar dia 21 em Macaé

Já o Flamengo decidiu mandar a partida com o Bahia, pela sexta rodada do Brasileirão, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. Marcado para o dia 21, às 18h30 (de Manaus), o jogo não poderá ser no palco tradicional do Rubro-Negro porque o duelo entre Fluminense e São Paulo acontecerá no mesmo dia.

As diretorias cogitaram a realização de uma jornada dupla, mas a ideia não avançou. A partir do dia seguinte, o estádio ficará à disposição da Fifa para Copa do Mundo.

Com a impossibilidade da realização do jogo no Maracanã, algumas possibilidades fora do Estado surgiram.

As cidades de Manaus e Cuiabá se mostraram interessados na partida como último evento-teste antes do Mundial. O desejo do departamento de futebol, comissão técnica e jogadores, por sua vez, prevaleceu.

Depois da experiência frustrada contra o Goiás, em Brasília, na primeira rodada, o grupo manifestou a preferência por permanecer no Rio de Janeiro.