Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

A pergunta que aflige o Leão: dá pra parar o Princesa?

Nacional recebe o Princesa do Solimões no primeiro jogo da final do segundo turno, com a missão de tentar evitar uma nova conquista do Tubarão

Encrenca: volante Negretti vai ter trabalho contra o ataque do Princesa do Solimões

Encrenca: volante Negretti vai ter trabalho contra o ataque do Princesa do Solimões (Evandro Seixas)

O Princesa do Solimões vem sendo uma “pedra no sapato” do Nacional desde o ano passado. Por isso, o Leão entra em campo hoje contra o Tubarão, às 15h no estádio Roberto Simonsen (Sesi), disposto a reveter a vantagem do adversário no primeiro jogo da final do segundo turno do Campeonato Amazonense. Por ter feito melhor campanha na competição, o time da terra da ciranda joga por dois resultados iguais para conquistar o título do returno e levar a taça de campeão estadual antecipado porque conquistou o primeiro turno.

Ainda ferido pela eliminação na Copa do Brasil, com a derrota por 3 a 0 para o Corinthians, na última quarta-feira, na Arena da Amazônia, o time da Vila Municipal promete reagir diante do rival doméstico. Mas, a missão do Naça, que é o mandante da partida de hoje, não vai ser fácil. Com dores musculares o goleiro Jairo e o atacante Fabiano são dúvidas para o confronto e vão passar por um exame momentos antes da partida para ver se tem condições de jogo.

O volante nacionalino Negretti, acredita que o Naça tem condições de conquistar um resutado positivo para jogar com mais tranquilidade a segunda partida da final. “A Copa do Brasil já passou. Agora a nossa realidade é o Princesa do Solimões e não tempo mais tempo nem de se lamentar. Queremos conquistar um bom resultado pra sair na frente pra jogar a partida de volta mais tranquilo”, afirmou o volante azulino.

O zagueiro Índio sabe que tem a função juntamente com Rodrigão de parar o veloz ataque do Princesa. “Temos dois jogos decisivos contra o Princesa. Não podemos errar contra eles que tem um ataque muito veloz. Vamos jogar tudo que podemos para sermos campeões do segundo turno”, prometeu o zagueiro do Leão da Vila Municipal. .

Campeão antecipado

O Princesa do Solimões sabe que vai enfrentar um adversário perigoso que vem disposto a se recuperar da eliminação na Copa do Brasil.

O meia-atacante Michel Parintins, artilheiro do Estadual com 11 gols, não acredita que o cansaço do adversário vai favorecer o time de Manacapuru. “Queremos conquistar um bom resultado contra o Nacional e estamos focados que não podemos perder esse jogo. Será uma partida de 180 minutos e vamos jogar com inteligência. Assistimos ao jogo do Naça contra o Corinthians e eles melhoraram. Não acredito que eles estejam casados, a motivação de uma final supera todo o cansaço. Estamos acostumados a jogar no Sesi”, avisa Parintins.

Nando é sempre esperança de gols nos jogos decisivos no Tubarão (Evandro Seixas)

Com exame antidoping

A Federação Amazonense de Futebol (FAF), confirmou ontem que a diretoria do Nacional solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o exame antidoping na partida entre Nacional e Princesa do Solimões.

“Eles (Nacional) solicitaram hoje (ontem) pela manhã o exame antidoping e nós encaminhamos ao coordenador de exame antidoping de Manaus/CBF, o Francisco Malheiros e a CBF aceitou. Ele será o responsável de colher o material e enviar para um laboratório credenciado pela CBF e o resultado vai sair dentro de 15 dias”, confirmou o diretor de futebol da FAF, Ivan Guimarães.

O vice-presidente do Naça, Manoel do Carmo Chaves, o Maneca, disse que a medida é normal e que todos os jogos decisivos a CBF solicita o exame antidoping. “Não temos nada contra o Princesa. Se a final fosse contra qualquer outra equipe do Campeonato Amazonense a diretoria do Naça teria o mesmo procedimento por se tratar de uma partida decisiva. O exame é para os dois clubes. Todos os jogos decisivos tem o exame antidoping para ter uma forma de ter uma decisão honesta”, disparou Maneca.

Já pelo lado do Princesa, o diretor de futebol Raphael Maddy, disse que o grupo recebeu a notícia com tranquilidade. “Tudo bem se o Nacional pediu o exame antidoping. Estávamos esperando isso na partida contra o Santos pela Copa do Brasil. Vamos nos reunir com os jogadores e conversar sobre isso que vai motivar ainda mais os nossos jogadores nessa decisão”, afirmou.

E para quinta-feira...

O diretor de futebol do Princesa do Solimões anunciou, ontem, os nove postos físicos para a venda de ingresso para a partida entre Princesa do Solimões e Santos que acontece no próxima quinta-feira, pela Copa do Brasil na Arena da Amazônia Vivaldo. Ele disse que serão seis postos em Manaus e três em Manacapuru. O cartola também informou que os torcedores do Tubarão e Santos devem ficar atentos para não deixar tudo para a última hora.

“Já estamos com a venda pela internet que começaram na quarta-feira. A inscrição é feita por meio do hotsite www.2amazonasfutebol.com.br. Agora começaram as vendas também nos pontos físicos para facilitar para os torcedores. Serão seis postos de vendas em Manaus e três em Manacapuru”, disse Maddy.

Mas o torcedor deve ficar atento. A troca de ingressos comprados pela internet acontece nos dias 6 e 7 de maio, na Arena Amadeu Teixeira, das 8h às 17h. Em Manaus, os pontos de vendas físicas vão funcionar Ótica Diniz do Amazonas Shopping, Manauara Shopping, do bairro do Manoa, Zona Norte, Avenida Eduardo Ribeiro, Centro e na Ótica Diniz da Academia de Tênis, Zona Oeste.

Já na cidade de Manacapuru, os torcedores vão poder comprar ingressos na Ótica Diniz da cidade, no Café Regional da Tuca e na Loja RM Material de construção.

Até o momento a diretoria do Princesa do Solimões ainda não sabe informar quantos ingressos já foram vendidos.