Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Com salários atrasados time do Barueri não entra em campo e perde por W.O.

Os atletas da equipe paulista estão há quatro meses sem receber o acordo dos direitos de imagem. Com a decisão dos jogadores, a arbitragem acabou declarando o Operário-MT vencedor do duelo que não aconteceu


Jogadores do Grêmio Barueri fazem greve e a equipe do Operário-MT vence por W.O.

Jogadores do Grêmio Barueri fazem greve e a equipe do Operário-MT vence por W.O. (Reprodução/internet)

Triste episódio que reflete a situação precária dos clubes brasileiros. O time do Grêmio Barueri não compareceu ao jogo contra a equipe do Operário do Mato Grosso na noite desta sexta-feira (15) e acabou sendo declarado derrotado pelo placar de 3 a 0, sem mesmo pisar no gramado da Arena Barueri, em São Paulo. Com dois meses de salário atrasado e mais quatro de direito de imagem, os atletas do clube resolveram não aparecer no estádio.

A partida era válida pela quinta rodada do Grupo A6 do Campeonato Brasileiro da Série D. Após a espera de 30 minutos como manda o regulamento da competição, a equipe de arbitragem do jogo, decidiu declarar o Operário-MT vencedor do jogo.

A decisão de não disputar o confronto havia sido tomada um dia antes pelo elenco. A diretoria do clube paulista ainda tentou uma negociação de última hora, porém os jogadores preferiram manter o acordado em reunião. Segundo com informações, o plantel só deve retornar ao clube na segunda-feira (18) para treinamento físico. O grupo tomou a atitude respaldada pelo artigo 32 da Lei Pelé que diz que após dois meses sem receber salário, o jogador não é obrigado a entrar em campo.

Durante a semana, os atletas procuraram o Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo (Sapesp). O órgão vem prestando todo respaldo jurídico necessário. Além da dívida salarial com os jogadores, o Grêmio Barueri também não recolheu o Fundo de Garantia sobre o Tempo de Serviço (FGTS) e não paga os tributos referentes ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

O Grêmio Barueri é o último colocado de sua chave, sem nenhum ponto conquistado em quatro partidas disputadas, incluindo a desistência do jogo contra o Operário-MT. A próxima partida da equipe paulista está marcada para o dia 22 de agosto contra a Tombense, também na Arena Barueri.