Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Brasil deve ser líder da R+20, diz diretor Executivo do evento

Brice Lalonde disse, durante sua palestra que o mundo precisa olhar para os próximos 20 anos a partir de agora e avaliar o que foi feito nos últimos dez anos

  • Brice Lalonde, Diretor Executivo da Rio+ 20
    FOTO: Bruno Kelly
  • Diretor Executivo da Rio + 20, Brice Lalonde
    FOTO: Bruno Kelly
  • Diretor Executivo do Rio + 20, Brice Lalonde foi um dos palestrantes do Fórum de Sustentabilidade, em Manaus
    FOTO: Bruno Kelly

“Para mim o Brasil será líder dessa Conferência”, disse Brice Lalonde, Diretor Executivo da Rio+ 20, durante sua palestra nesta quinta-feira (22) durante o primeiro dia do III Fórum Mundial de Sustentabilidade em Manaus.

Lalonde falou sobre o evento que acontecerá em menos de três meses no Rio de Janeiro, onde serão discutidas questões ambientais: “Nem todos no mundo são como a senhora Brundtland, mas temos que convencer os líderes do mundo a serem como ela”, disse mencionando a ex-primeira Ministra da Noruega, Gro Brundtland, também palestrante do evento.

Segundo Brice o evento tem como objetivo discutir a situação ambiental do mundo para os próximos 20 anos, além de fazer uma análise do que foi decidido em 1992 e se as ações estão sendo cumpridas.

Aproximadamente 50 mil pessoas de diversos níveis de governanças (ONG,  governantes, homens de negócios) participarão do evento, segundo Brice. O Diretor Executivo disse ainda que é necessário compromisso para poder participar da conferência: “Recebemos muitas cartas. Todos querem ir para o Rio, mas só autorizaremos os países que apresentarem compromisso com que discutiremos”, afirma.

Lalonde elogiou ainda a presidente Dilma Roussef e o programa do Governo Federal Bolsa Família. “Esse programa traz mais inclusão as famílias brasileiras”, disse.

O Diretor Executivo disse ainda que conscientização, economia verde e erradicação da pobreza são os temas principais da Rio + 20. “É necessário criar uma cidadania para o planeta como um todo”, conclui Lalonde.