Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Hotel de Rede é a novidade do Festival de Parintins 2014

Empresário local aposta que o local vai ficar lotado, começando nesta semana, quando aumenta o fluxo de embarcações e aeronaves chegando na Ilha. São esperados 80 mil turistas para o período do festival

Edmilson Prado teve a ideia de construir o hotel de rede durante uma viagem a Fortaleza onde viu a estrutura

Edmilson Prado teve a ideia de construir o hotel de rede durante uma viagem a Fortaleza onde viu a estrutura (Antônio Lima)

Os turistas que vêm a Parintins com pouco recurso financeiro para se hospedarem num hotel convencional no 49º Festival Folclórico terão uma boa opção agora. Foi inaugurado, no último sábado, o Hotel de Rede com capacidade para 1,2  mil pessoas. O empreendimento promete “bombar” durante o período do Festival, segundo o proprietário do hotel, Edmilson Prado. Localizado na avenida Nações Unidas, Centro, o hotel de rede vem com o conceito de ser prático, popular e barato.

“É destinado para aquelas pessoas que não podem pagar um hotel caro.  Acredito que vai dar certo”, explicou Edmilson ao acrescentar que até o momento 432 reservas foram  feitas para o período do Festival Folclórico de clientes de Manaus e do interior do Estado e do Pará.

Segundo o empresário, um pacote de sete dias na ilha custa R$ 200 no hotel rede, com direito a café da manhã. Outra novidade é que o hotel possui 20 banheiros, todos com as cores do Garantido e Caprichoso. “Temos que agradar a todos os clientes, então ele poderá usar o banheiro de sua cor preferida”, destacou.

A ideia de construir um hotel de rede, segundo Edmilson Prado, surgiu após uma viagem a Fortaleza. Na capital cearense, ele encontrou as pousadas na rede e, a partir daí,  resolveu trazer o conceito de hotel de rede para Parintins. Ele acredita que até os dias que antecedem ao festival, o hotel esteja com sua capacidade quase lotada.

Outro motivo que contribuiu para a concretização do sonho de fazer um hotel de rede, tem a ver com o fato do local ser bastante ventilado, pois funciona no terraço do Hotel Ilha Bela. “Apesar de ser bem ventilado, vamos colocar à disposição dos clientes aproximadamente 50 ventiladores e dez bebedouros”, ressaltou.

Para os clientes prestigiarem os jogos da Seleção Brasileira e de outras seleções durante a Copa do Mundo, dez telões foram instalados no hotel de rede. O cliente que desejar passar o dia inteiro fora, aproveitando as “festividades bovinas”, ainda poderá guardar seus objetos pessoais num armário com cadeado.


A gerente do Hotel Ilha Bela, Ray Cavalcante, ressalta que várias pessoas ligaram para o hotel para saber informações sobre as novidades do hotel de rede. Ela frisa que o cliente nem precisa levar rede para o local, porque o próprio estabelecimento oferece ao cliente. “A rede é daquelas trançadas, mas se o cliente quiser levar a dele não tem problema.

Fora da alta temporada, o empresário Edmilson destaca que a diária no novo empreendimento sai por R$ 50, com direito a café da manhã.

Edmilson acredita que o empreendimento vai cair no gosto da população e que nos próximos eventos na cidade a tendência é que mais clientes fique sabendo da novidade e se aventure no hotel de rede.

“O pacote que fazemos sai bem mais em conta. Não tem em nenhum lugar onde a pessoa pague R$ 20 por dia numa acomodação e ainda tem direito ao café da manhã. Estou confiante de que a nova tendência veio para ficar, é só aguardar”, finalizou o empresário, que também é dono do Hotel Ilha Bela, no mesmo prédio.

RESERVAS DEVEM AUMENTAR EM 80%

As reservas em hotéis de Parintins para o período do Festival Folclórico devem aumentar durante esta semana. Pelo menos 80% das acomodações em hotéis e pousadas  estão com suas ocupações lotadas para o Festival, segundo informações do Grupo de Gestão Integrado (GGI). A expectativa dos empresários é de que a Copa do Mundo e o fato de Manaus ser uma das subsedes do mundial leve mais turistas a Parintins.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Parintins (SEMCTUR), desses 80 mil turistas esperados, quase 17 mil virão por via aérea até o dia do Festival. Entretanto, para alguns donos de pensões, houve uma queda da demanda, em relação ao mesmo período do ano passado.

Metade dos 13 apartamentos com quartos de duas e três camas do Hotel do Boi Ariau Tower, na avenida Amazonas, estão reservados para o período do Festival. O valor do pacote (seis dias) varia de R$ 500 a R$ 3,2 mil, com café da manhã.

O hotel Ilha Bela, na avenida Nações Unidas, tem poucas acomodações disponíveis. Grande parte dos clientes são de Manaus, Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE) e até do Japão. Algumas pensões e donos de residências registraram pouca procura nas locações dos imóveis.

EM NÚMEROS

80 mil turistas são esperados durante o período do Festival Folclórico de Parintins, segundo informações do Grupo de Gestão Integrado (GGI)