Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ponto turístico de Parintins, no Amazonas, casa da madrinha do Garantido ficará fechada

Maria Ângela Faria, um dos ícones da velha-guarda do bumbá vermelho e branco, faleceu em fevereiro deste ano e desde então sua residência permanece fechada. Local atraía curiosos pela cultural popular local

Casa símbolo do Garantido não vai receber visitação de turistas neste Festival

Casa símbolo do Garantido não vai receber visitação de turistas neste Festival (Antônio Lima)

Uma das paradas obrigatórias dos turistas que chegam a Parintins, esse ano, vai ficar fechada. Por conta do falecimento da eterna madrinha do Boi do Povão, dona Maria Ângela Albuquerque Faria, em fevereiro deste ano, a casa  deve ficar sem visitação por um tempo. Os filhos  da madrinha do Garantindo alegam que a decisão foi tomada porque ela (Maria Ângela) era a verdadeira atração. “As pessoas vinham pra cá por causa dela, da recepção que ela fazia. Além disso, as pessoas sempre gostaram de minha mãe porque o que ela tinha para falar, falava mesmo”, contou Zezinho Faria, ex-presidente do Bumbá.

Segundo ele, a casa conhecida por ser pintada com as cores e ter a marca do Garantido, já está fechada há um tempo, e até alguns móveis foram doados.  Sobre o futuro do local, que consta no roteiro de visitação da cidade, o filho comenta: “Vamos esperar passar um ano e depois disso vamos reunir  (os irmãos) e discutir sobre qual destino dar. Por enquanto, não temos nada em mente ainda”, explicou.

Zezinho Faria contou que a casa passou a ser muito visitada na década de 90, quando Maria Ângela foi surpreendida por turistas que batiam a sua porta para conhecer o espaço. “Ela ficou surpresa porque ninguém pediu autorização ou conversou com ela sobre essa intenção. Mas como ela já estava acostumada a receber muitas visitas, deixou passar”, contou ele.

Antes mesmo de ponto turístico, o local sempre teve uma relação muito próxima com o Garantido. As reuniões da diretoria, o QG das comadres e ensaios aconteciam com frequência na casa da madrinha. O fanatismo dela pelo Vermelho e Branco era tão grande que até lençóis ela chegou a doar para fazer as roupas do Bumbá. “Ela foi eleita como madrinha naturalmente pelo povo. As pessoas tomavam benção dela na rua tamanho o respeito que ela conquistou durante anos. Minha mãe está fazendo muito falta para o Garantido”, disse ele.

Maria Ângela  faleceu em fevereiro deste ano, em casa, devido a problemas de coração. Mas antes de partir, ela recebeu um dos maiores presentes de sua vida: no dia de seu aniversário de 91 anos, o apresentador Israel Paulain e a Batucada levaram o  Boi Garantido até ela, onde fizeram uma bela homenagem. Lá o mesmo Boi ficou e não saiu mais.