Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Porto de Parintins (AM) vai ficar lotado para o Festival

Serviço portuário prevê um número de 250 atracações durante o Festival, a maioria chega na ilha amazonense nesta quinta-feira (26)

Movimento no porto ainda é calmo, mas vai cresce durante a semana

Movimento no porto ainda é calmo, mas vai cresce durante a semana (Antonio Lima)

Uma média de 250 atracações estão previstas no Porto de Parintins durante o período do Festival Folclórico, que acontece nos dias 27, 28 e 29 de junho. Os números  foram informados pela administração do porto, segundo dados fornecidos pela Marinha. A expectativa é de que a quantidade seja superior ao ano passado, em virtude da atração nacional da Festa dos Visitantes, o cantor Gusttavo Lima, na quinta-feira.

De acordo com a supervisora do porto parintinense, Gildete Prado, em 2012 o município registrou um grande aumento de barcos por causa do show do Latino. Neste ano, segundo ela, a tendência é queja superior, na apresentação do sertanejo Gusttavo Lima.

“Acreditamos que só no dia da Festa dos Visitantes tenhamos uma grande quantidade de barcos atracando no porto”, destacou Gildete. Segundo ela, até o momento, 127 embarcações passaram por vistoria da Marinha e estão liberadas para o festival.

Uma média de seis a oito navios devem permanecer atracados no porto durante os três dias de festival. Além do porto de Parintins, toda a orla também deve ficar tomada por barcos, que devem começar a chegar a partir desta segunda-feira.

“Esperamos e aguardamos que vamos ter um festival muito tranquilo, sem maiores problemas. Graças a Deus os nossos parceiros vão nos ajudar”, declarou a supervisora ao destacar a parceria feita com a Polícia Militar, a Delegacia de Crimes Contra o Turista, a intensificação da fiscalização de menores na área portuária e a Marinha, que atuará nos rios com o suporte com lanchas.

CHEIA

Apesar da cheia do rio Amazonas ter afetado grande parte da população parintinense com alagações históricas, no Porto não houve nenhum problema. A cota, neste ano, chegou a 9 metros e 34 centímetros, quatro centímetros a menos que a maior cheia registrada no município, em 2012.

Há duas semanas o nível do rio Amazonas está baixando e a administração do porto aproveita para fazer pequenos reparos e ajustes na estética, como pinturas e demarcações de faixas de segurança, serviços que são realizados todos os anos.

COPA DO MUNDO

O Mundial de futebol tem dividido o público para o Festival de Parintins. Segundo Gildete, dois navios cancelaram a viagem em virtude da Copa do Mundo. “Os navios cancelaram a reserva no porto e isso nunca aconteceu.

Geralmente tinha briga entre eles para ver quem tinha o direito de atracar no porto”, lamentou a supervisora ao esclarecer que para alguns clientes, ao invés de pagarem o pacote de viagem para o festival, eles resolveram comprar passagens aéreas para assistir o jogo da Seleção Brasileira em algum dos Estados brasileiros.