Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Compacto ‘Zotye’ pretende ser o mais barato do Brasil

A nova montadora chinesa, Zotye Auto, começa a operar até o final de 2014 no mercado nacional. O Logic, que na China se chama Z100, custará R$ 21 mil

É o compacto Zotye previsto para chegar ao Brasil em outubro. Ele será vendido a R$ 21 mil, um dos veículos mais baratos do Brasil

Z100 é o compacto Zotye previsto para chegar ao Brasil em outubro (Divulgação)

Mais uma marca chinesa está chegando ao mercado brasileiro. A Zotye Auto será a sexta montadora da China que vem para o Brasil, considerando apenas empresas que oferecem carros de passeio (JAC, Lifan, Chery, Geely e MG).

“Vamos lançar a marca no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro, e a ideia é oferecer o carro mais barato do Brasil, o compacto Logic”, contou ao site iG Cadu Barbosa, diretor do grupo Exata, responsável pela operação da fabricante no País.

O Logic, que na China se chama Z100, custará R$ 21 mil, valor que fará dele o automóvel mais barato do País, superando o Chery QQ (R$ 24.990) e o Fiat Palio Fire (R$ 24.490). “Esse será o preço da versão básica. O modelo top deve chegar por R$ 27,9 mil”, afirmou Barbosa.

Operações

A Zotye vem para o Brasil já com certificação do Inovar Auto. A marca vai iniciar suas atividades com produtos importados da China e a partir de 2016 os carros serão montados em Colatina, no Espírito Santo. “Nossa expectativa é vender cerca de 12 mil carros na primeira fase e depois ampliar para 20 mil quando iniciarmos a produção”, contou o diretor da marca. A produção será em regime CKD, quando os carros chegam desmontados e são finalizados no País.

Segundo Barbosa, os primeiros pontos de venda da marca serão abertos no estado do Espírito Santo em outubro e, a partir de janeiro de 2015, a Zotye iniciará sua expansão por outros estados, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Além do compacto Logic, a marca também vai oferecer no mercado brasileiro o SUV compacto Hunter com preços entre R$ 49.900 e R$ 54.000.

Esse modelo, de acordo com o diretor da Zotye no Brasil, também será montado no Espírito Santo. Entre os parceiros da marca está a Fiat, que se aproximou da Zotye para produzir uma versão chinesa do Palio. Outro parceiro da marca é a Lotus, que oferece suporte nas áreas de engenharia e testes.

Novo modelo da Honda traz visual e câmbio CVT

Fit chega neste mês por R$ 49,9 milTerceira geração do monovolume ganha mais espaço interno. Motor 1.5 de 116 cv foi mantido, mas abandonou “tanquinho”.

Principal lançamento da Honda neste ano, a 3ª geração do Fit, será lançado até o fim do mês. Com o mesmo motor, mas câmbio CVT e mais espaço interno, o Fit manteve o preço na versão de entrada.

O novo Fit chega ao mercado brasileiro pouco tempo depois de ser apresentado no Japão, em julho passado (em janeiro foi a vez do mercado norte-americano). A chegada do Fit ao país marca o início de uma reformulação mais ampla na gama da Honda: a nova geração do City e o Civic reestilizado chegam no segundo semestre, enquanto Civic Si e SUV Vezel, futuro concorrente do Ford EcoSport, estarão no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.

A principal mudança está no visual, com faróis mais horizontalizados e lanternas verticalizadas, além de um forte vinco nas laterais – linhas que definem a atual identidade estética da marca. Segundo a Honda, a frente traz o conceito “Solid Wing Face”.

Motor 1.5 mantidoO motor 1.5 16V iVTec foi mantido – 116 cavalos de potência a 6.000 rpm e torque de 15,3 kgf.m a 4.800 rpm –, mas na linha 2015 adota a tecnologia Flex One, que abole o subtanque para partidas a frio.

Sucesso na primeira geração do Fit, o câmbio CVT volta agora, aposentando a transmissão automática de cinco marchas da 2ª geração.

Chamado da Toyota envolve 95 mil veículos no País

Recall global da Toyota atinge BRHilux, SW4 e RAV4 podem não ter o airbag do motorista acionado em uma colisão; reparos começam em 1º de julhoA Toyota do Brasil anuncia o recall que envolve 94.992 unidades dos veículos Hilux e SW4, produzidos entre junho de 2005 e janeiro de 2011, e do modelo RAV4, fabricado entre agosto de 2005 e março de 2010.

O chamado atinge 67.498 unidades da picape Hilux, 22.341 unidades do utilitário esportivo SW4 e 5.153 unidades do utilitário esportivo RAV4. Este recall faz parte do chamado mundial da Toyota anunciado nesta semana, que envolve 6,3 milhões de veículos em diversos países do mundo.

Segundo a Toyota, para os veículos que foram vendidos no Brasil, foi detectada uma falha no conjunto do cabo espiral de conexão entre o módulo de comando do sistema de airbag e o conjunto da bolsa do airbag do lado motorista. No caso de uma colisão, o airbag pode não ser acionado.

Nesta situação, a luz de advertência do airbag acenderá no painel do veículo, alertando o condutor sobre o não funcionamento do sistema. A montadora alerta os proprietários dos veículos envolvidos que, caso a luz de advertência do airbag acenda espontaneamente com o veículo em movimento ou permaneça acesa por mais de 6 segundos após a partida do motor, ele deve levar o veículo imediatamente a um concessionário para realizar o reparo. Mais informações estão disponíveis no site www.toyota.com.br.