Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Balanço inicial da Copa em Manaus revela 59 ocorrências

Registros ocorreram nas áreas da Saúde, Segurança e Assistência Social nos primeiros quatro dias de Mundial em Manaus

Registros ocorreram nas áreas da Saúde, Segurança e Assistência Social nos primeiros quatro dias de Mundial em Manaus

Registros ocorreram nas áreas da Saúde, Segurança e Assistência Social nos primeiros quatro dias de Mundial em Manaus (Antonio Lima)

Um total de 59 ocorrências nas áreas de saúde, polícia e assistência social foram registradas em Manaus nos quatro primeiros dias de Copa do Mundo. A Delegacia Móvel instalada no Complexo Turístico da Ponta Negra, na Zona Oeste, registrou 28 Boletins de Ocorrências (BO), no período, sendo 19 por furto, sete por perda ou extravio de documentos e um por ameaça.

O Centro Integrado de Operações em Conjunto da Saúde (CIOCS), composto pelo Estado e município, contabilizou até as 19h de segunda-feira, oito atendimentos no Fifa Fan Fest, realizada no Complexo Turístico Ponta Negra. Sete foram clínicos e um trauma com entorse de pé. As principais ocorrências clínicas foram cefaleia (dor de cabeça), vômitos e mal estar.

O Comitê Local Integrado Pró-Copa 2014 registrou 31 ocorrências nos mesmos quatro dias em Manaus. Apenas um caso não se trata de trabalho infantil no qual crianças foram flagradas vendendo biscoitos e balas nos semáforos das principais avenidas da cidade ou atuando como malabares.

Um dos casos que chamou atenção foi de uma mãe flagrada consumindo bebidas alcoólicas na companhia de turistas estrangeiros e da filha de 11 anos. Após ser orientada dos riscos que a criança estava sujeita, a mãe e a criança foram retiradas do local. Em outro caso, uma adolescente foi encontra alcoolizada e recebeu atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela foi entregue aos responsáveis após registro para acompanhamento posterior do comitê.

A Polícia Civil do Amazonas avaliou como pacíficas e dentro da normalidade as ocorrências registradas nas seis unidades policiais que receberam reforços para atender as demandas durante 30 dias, no período da Copa do Mundo, em Manaus. Entre as unidades estão a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Turista (DECCT), no aeroporto, Delegacia de Grandes Eventos, 10º, 12º e 19º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), além da Delegacia Móvel.

A DECCT está localizada no aeroporto internacional de Manaus - Eduardo Gomes, na Zona Oeste, e registrou 24 boletins por furto e um por perda ou extravio de documento. O 12º DIP, no bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul, foram feitos dois Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) por desacato envolvendo o Estatuto do Torcedor.

Avaliação positiva de gestores

O Delegado Geral de Polícia Civil, Josué Rocha, e a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Goreth Garcia, avaliaram, em nota, como positivo o trabalho realizado na cidade com poucas ocorrências no início do Mundial, principalmente, no entorno do Complexo Turístico da Ponta Negra.

“Tivemos um número reduzido de ocorrências, isso mostra toda a estrutura do sistema de segurança atuando em conjunto, as Polícias Civil e Militar, Detran, Bombeiros, Polícia Federal, além da Polícia Rodoviária Federal estão trabalhando com um único propósito, que é dar tranquilidade à população manauara e também ao turista”, destacou Josué Rocha.

Goreth Garcia, que também é coordenadora do Comitê Local Integrado Pró-Copa 2014, elogiou o trabalho coletivo entre as secretarias, motivo apontado como responsável pelo bom trabalho na cidade.

“Especialmente no domingo ficou evidente a consolidação do exato conceito do comitê. Percebemos a articulação real com Conselheiros Tutelares, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Juizado da Infância e Juventude, Delegacia Móvel, todos realmente integrados como preconizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH-PR)”, disse.

Serviço

Além de atendimentos da Polícia Judiciária, a Delegacia Móvel, na Ponta Negra, disponibiliza o serviço de “Perdidos e Achados” de documentos. Nos primeiros quatro dias de Copa foram entregues cinco documentos de identidade, um passaporte e uma carteira porta cédulas.