Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Hospital Adventista de Manaus estimula prefeitura a buscar melhorias no sistema público

Hospital recebeu o primeiro certificado nível 2 do Amazonas. Na cerimônia, o prefeito e o secretário municipal de saúde afirmaram que vão buscar o mesmo para a rede pública

Hospital Adventista de Manaus estimula prefeitura a buscar melhorias no sistema público de saúde

Hospital Adventista de Manaus estimula prefeitura a buscar melhorias no sistema público de saúde (Divulgação)

Na tarde desta sexta-feira (15), o Hospital Adventista de Manaus (HAM) recebeu o certificado nível 2 da Associação Nacional de Acreditação (ONA). O documento assegura e nivela de 1 a 5 a segurança da vida e da saúde do paciente dentro do Hospital, e o HAM foi o primeiro do Amazonas a conquistar o nível 2, consagrando-se como o um centro de excelência no Estado. A cerimônia aconteceu no auditório do hospital (Av. Governador Danilo Areosa, Distrito Industrial) e contou com a presença do prefeito Artur Neto e do secretário municipal de saúde, Homero de Miranda.

No ano passado, o HAM foi o primeiro hospital do Amazonas a ser Acreditado com o Nível 1 pela organização, que garante a qualidade das práticas de segurança que envolvem os pacientes. Em 2014, o HAM continua mostrando pioneirismo em buscar a excelência, sendo o primeiro da região com o nível 2, que além de cumprir com as exigências de Nível 1, dispõe de um sistema de planejamento e organização focado na “gestão integrada”.

Após mostrar o novo certificado aos presentes, o diretor geral do hospital, Gideon Oliveira Basílio, lançou aos funcionários o desafio de conquistar o nível 3. “Nosso missão é oferecer um atendimento diferenciado e de excelência e vamos conquistar o nível 3, com certeza!”.

Para o secretário Homero de Miranda, a conquista é também de Manaus, que agora conta com um hospital com qualidade de atendimento de referência. “Traz pra cidade um hospital que é acreditado por uma instituição séria que tem padrões internacionais e é uma alegria para a cidade de Manaus ter em sua região um hospital com essa qualificação, não é ONA 1, já é o ONA 2, e vamos conseguir o ONA 3. Todo hospital deve perseguir este objetivo, isso soma-se às exigências de vigilância sanitária, de vigilância epidemiológica e trazem qualidade ao paciente”.

Questionado sobre quando os hospitais públicos atingiriam o mesmo nível de qualificação, Miranda disse que é um sonho a ser perseguido. “Isso é um desafio maior ainda, mas podemos pensar nisso sim. Na maternidade Moura Tapajós, que é um dos hospitais da prefeitura, estamos fazendo um trabalho para conseguir este objetivo. Vamos chegar lá um dia, ainda não estamos prontos para isso, mas vamos fazer”.

O prefeito, que teve um filho nascido na instituição, afirmou que a conquista da certificação influencia outros hospitais a melhorar também e quem sai ganhando são os manauaras. “Foi um grande passo que o HAM deu, é o único que conquistou o ONA 2 na região, uma conquista muito grande e que estimula os outros a buscá-la também. Eu vejo que é um aparelho e tanto para Manaus para atender tanto pacientes particulares quanto os com plano de saúde e isso mostra como nós temos que correr para melhorar cada vez mais a saúde pública, para nós darmos um atendimento global de maior qualidade para os pacientes como um todo”.

ONA nível 2

O selo é a garantia do acompanhamento das barreiras de segurança definidas, dos principais processos desenhados e dos protocolos implantados. Existe uma análise crítica dos controles de processo e análise de resultados, assim como de processos e de protocolos assistências, com o estabelecimento de planos de ação e de melhorias. Neste nível a interação entre os setores deve ser evidenciada e a atuação focalizada no cliente.

*Com informações de assessoria.