Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Polícia prende quadrilha suspeita de roubar 3 mil TVs de LED, em Manaus

A carga apreendida foi avaliada em R$ 2 milhões. Os policiais da DRCO encontraram os aparelhos eletrônicos ainda no caminhão que foi roubado no assalto, ocorrido na tarde dessa quinta-feira, por volta das 15h

Polícia apreendeu caminhão de carga cheio de TVs de LED

Polícia apreendeu caminhão de carga cheio de TVs de LED (Márcio Melo)

Policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam noves pessoas suspeitas de integrarem a quadrilha que assaltou um caminhão de cargas com, pelo menos, três mil televisores de tecnologia LED da empresa Samsung Eletrônicos da Amazônia, na tarde dessa quinta-feira (12). A prisão dos suspeitos ocorreu na madrugada desta sexta-feira (13), por volta das 2h, na frente de uma residência localizada no bairro Campo Sales, Zona Norte de Manaus. A carga apreendida foi avaliada em R$ 2 milhões.

Conforme as informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil, os policiais da DRCO encontraram os aparelhos eletrônicos ainda no caminhão que foi roubado no assalto, ocorrido na tarde de quinta-feira, por volta das 15h, na Avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. Três homens armados abordaram o motorista do veículo e anunciaram o assalto.

Após registro da ocorrência na delegacia, a polícia iniciou as buscas e prendeu a quadrilha. Os policiais prenderam Ednelson Azevedo dos Santos, 33 anos, José Carlos de Souza, 48 anos, Gilson Alves de Almeida Filho, 19 anos, Leonardo Miranda dos Santos, 20 anos, Alex Barroso da Silva, 33 anos, Raimundo Marialva Moreira, 33 anos, Ozenir Barroso de Souza, 39 anos, Sandro Augusto Sbravati, 22 anos, Mayara Fonseca Alves, 43 anos.

Os suspeitos foram autuados pelos crimes de roubo qualificado, emprego de arma de fogo, receptação de bens, corrupção ativa e formação de quadrilha. Eles serão encaminhados à cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.