Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Aplicador de golpes, ‘Galã do Badoo’ vai preso após tentar enforcar e extorquir namorada

Mauri Fernandes Matos, 34, se revoltou quando a moça pediu para terminar o namoro. Ele exigiu R$ 1 mil da mulher e, caso não tivesse o pedido atendido, a mataria. Segundo a polícia, Mauri fez 14 vítimas

Natural do Paraná, Mauri já respondia por porte ilegal de arma de fogo na sua cidade natal. Além do Badoo, ele seduzia mulheres por outras redes sociais

Natural do Paraná, Mauri já respondia por porte ilegal de arma de fogo na sua cidade natal. Além do Badoo, ele seduzia mulheres por outras redes sociais (Reprodução)

Acostumado a aplicar golpes em mulheres com boa situação financeira por meio da rede social Badoo, Mauri Fernandes Matos, 34, tentou enforcar a própria namorada após ela pedir para terminarem. Revoltado com a situação, ele exigiu da mulher R$ 1 mil pelo fim do namoro, mas o golpe não deu certo e dessa vez ele acabou preso.

Mauri foi detido por policiais militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no Parque São Pedro, Zona Oeste, nesta quinta (27) e levado 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP).


De acordo com informações do delegado do 20º DIP, Paulo Henrique Benelli de Azevedo, o casal se conheceu no último dia 10 e, cinco dias depois, Mauri se mudou de “mala e cuia” para a casa dela. No dia 25, por causa de ciúmes dos ex-namorados dela, aconteceu a primeira briga.

Até que na quarta (26), dominado pelo ciúme, Mauri tentou enforcar a namorada e ainda colocou o dedo na boca dela, ferindo-lhe a língua, além de ameaçá-la de morte caso ela terminasse o namoro. A moça o acalmou, mas, novamente ontem, a vítima pediu a separação e foi surpreendida quando ele exigiu R$ 1 mil. Caso não desse a grana, ele a mataria.

A vítima contou em depoimento ao delegado que só conseguiu acionar a polícia porque teve que ir a um supermercado sacar dinheiro, quando, em um momento de distração de Mauri, ela aproveitou e pediu ajuda do segurança do supermercado, que prontamente chamou a polícia e o conduziu ao 20º DIP.

“Constatamos que tinha vários boletins de ocorrência contra ele. As vítimas terminavam o namoro e ele as ameaçava nos locais de trabalho, quebrava carro, tem até caso de estupro. No celular dele tem vários contatos de vítimas no Whatsapp que ele encontrava no Badoo”, ressaltou Benelli.

O delegado acrescentou que Mauri é natural do Paraná e lá responde por porte ilegal de arma de fogo. Ele foi autuado em flagrante no 20º DIP por extorsão, lesão corporal e ameaça. Mauri será levado nesta sexta-feira (28) para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

14 vítimas

Segundo Paulo Benelli, a ficha de Mauri é extensa com 14 boletins de ocorrências contra ele. As vítimas são escolhidas nas redes sociais. O primeiro B.O foi em junho de 2012 por injúria. No mesmo ano, mais cinco boletins contra ele foram registrados (ameça, injúria e lesão corporal). Em 2013, surgiram outras seis ocorrências e, em fevereiro deste ano, duas ocorrências foram registradas em oito dias.

Outros 'galãs'

A polícia amazonense já soube de casos de outros dois homens em Manaus que aplicava golpes em mulheres após seduzi-las através das redes sociais. O "Galã do Facebook", Leandro Lentz Bittencourt, 32, foi preso em 2011 por cometer golpes no mesmo modus operandi. Em fevereiro deste ano, o delegado Alexandre Paixão, do 1º DIP, registrou seis vítimas do "Galã do Instagram", Laércio Castro de Oliveira, 27.