Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Aumento na produção de triciclo na Zona Franca de Manaus

Empresa do PIM está triplicando a capacidade de produção no segmento

Motocar, que produz 50 triciclos por mês, quer ampliar linha para 170 unidade.

Motocar, que produz 50 triciclos por mês, quer ampliar linha para 170 unidade. (Divulgação)

A Motocar, primeira indústria de triciclos da Zona Franca de Manaus, está aumentando a produção do modelo MTX 150 - lançado no mercado amazonense - de 50 para 170 veículos por mês.

A meta é alcançar a capacidade de 900 veículos/ mês dentro de um ano. Além disso, a empresa - que já mantém representações comerciais em Manaus, Itacoatiara e Manacapuru - está ampliando as parcerias no interior do Amazonas e expandindo para os estados vizinhos de Roraima, Rondônia, Pará e Acre.

A Motocar iniciou as atividades no Polo Industrial de Manaus em dezembro de 2009, com investimento de R$ 1,5 milhão, e com o MTX 150 começou a ampliar a visibilidade no mercado.

O triciclo é o carro-chefe da empresa, resultado de um rigoroso processo de desenvolvimento que durou dois anos. Com capacidade para transportar três pessoas – condutor e dois passageiros sentados - o veículo suporta 350 quilos.

O nicho de mercado é o consumidor que precisa transportar mais que um passageiro com a segurança que os modelos de duas rodas não conseguem oferecer. “O triciclo conta com uma cabine especialmente desenvolvida para acomodar dois passageiros sentados, tendo um cinto de segurança à disposição de cada pessoa transportada e dispensa o uso de capacete”, ressalta Marcello Di Gregorio, gerente da Motocar.

Outro fator importante para a segurança é que o MTX 150 foi programado para alcançar velocidade máxima de 65 km/h.

O veículo que é sucesso na Ásia, aqui no Brasil tem como foco a atividade dos mototaxistas.