Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Avenida Eduardo Ribeiro será interditada receber projeto de arborização

Espaço vai receber serviços de poda com a retirada de galhos secos e doentes, além do levantamento e rebaixamento da copa das árvores

Praça da Matriz, na avenida Eduardo Ribeiro, está de cara nova

Praça da Matriz, na avenida Eduardo Ribeiro, está de cara nova (Alexandre Fonsensa/ Semcom)

A Avenida Eduardo Ribeiro, no trecho que passa ao lado da Praça do Relógio, Centro de Manaus, será interditada a partir das 6h da manhã da próxima quarta-feira (26), para continuidade dos trabalhos de manejo da arborização no trecho compreendido entre as ruas Quintino Bocaiúva e Floriano Peixoto, no Centro Histórico de Manaus.

O trabalho será executado pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), com o apoio do Manaustrans e da Amazonas Energia.

De acordo com a secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt, serão realizados os serviços de poda com a retirada de galhos secos e doentes, além do levantamento e rebaixamento da copa das árvores, o que dará mais visibilidade e ventilação ao ambiente, eliminando o conflito com a rede elétrica, sem que as calçadas percam a sombra.

"O trabalho é feito com a supervisão dos técnicos da Semmas para evitar procedimentos drásticos", informou a secretária.

Outra ação a ser desenvolvida será a retirada da fiação elétrica entrelaçada nas árvores e utilizada para a realização de ligações clandestinas (gatos). A retirada contribui para o embelezamento e a melhoria da saúde das árvores.

Parte das 184 árvores existentes no perímetro do Centro Histórico já foi manejada no último final de semana. Nos próximos dias, serão realizadas novas intervenções, entre as quais em toda a extensão da avenida Eduardo Ribeiro, que teve os passeios públicos liberados no último domingo, 23, com a realocação dos camelôs.

Multa

Nesta segunda-feira (24), um dia após a retirada dos camelôs, fiscais do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) multaram uma loja de departamentos instalada na avenida Eduardo Ribeiro, por obstrução de passeio público com risco aos pedestres pela exposição de camas do tipo boxe e sofás.

O auto de infração foi aplicado um dia após a Prefeitura de Manaus ter realizado uma mega operação para realocação de ambulantes que ocupavam a via, resultado de meses de trabalho entre várias secretárias e órgãos.

Com as calçadas liberadas, também terá reforço o trabalho realizado pela Gerência de Patrimônio Histórico Edificado (GPH), do Implurb, que desenvolve ações para valorizar, preservar e resguardar bens de valor arquitetônico, paisagístico, artístico ou afetivo-cultural, que incluem desde a fiscalização de obras, análise de publicidade até vistorias de marquises, fachadas e outros engenhos em prédios comerciais do Centro Histórico.

*Com informações da assesoria