Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Blecaute deixa a Zona Norte, a mais populosa de Manaus, no escuro nesta quarta-feira (11)

Segundo a Eletrobrás Amazonas Energia, várias equipes estão trabalhando para restabelecer o fornecimento de energia na Zona Norte. Eles preveem o retorno completo do serviço para as 22h


Na avenida das Torres, os carros ficaram engarrafados por grande parte da via

As subestações Cidade Nova, Mutirão e Santa Etelvina I e II ficaram sem energia por conta de um raio (Márcio Silva)

Um raio atingiu a linha de subtransmissão de 69 kV SE Manaus/Cidade Nova no final da tarde desta quarta-feira (11) e causou um blecaute em quase toda a Zona Norte de Manaus, a mais populosa de cidade, deixando cerca de 103 mil pessoas sem energia. Segundo a Eletrobrás Amazonas Energia, durante a chuva que caiu na cidade nesta tarde, um raio atingiu a linha mencionada por volta das 17h10, prejudicando os equipamentos de potência situados na Subestação Cidade e provocando também o desligamento de mais duas linhas de 69kV.

Esses desligamentos deixaram as subestações Cidade Nova, Mutirão e Santa Etelvina I e II, sem energia, interrompendo o fornecimento de energia dos seguintes bairros: Cidade Nova, Mutirão, Riacho Doce, Tancredo Neves, Jorge Teixeira, Alfredo Nascimento, João Paulo, Cidade de Deus, Nossa Senhora de Fátima I e II, Nova Cidade, Aliança com Deus, Santa Etelvina, Monte das Oliveiras, Parque das Nações e Parque da Laranjeiras.

Shirley Ramos, 38, está indignada com a situação. “Estamos desde as 17h da tarde sem energia e está um breu. Toda a Cidade Nova está um breu. Queremos saber quando a energia vai voltar porque há comércios aqui, a situação é perigosa”, disse Shirley Ramos, 38, moradora do conjunto Osvaldo Frota, uma das áreas que ainda não teve energia elétrica na noite de hoje.

Ainda segundo a fornecedora de energia, foram restabelecidos 16% da carga interrompida por volta de 14 minutos depois do ocorrido. Ela informou ainda que um grande efetivo trabalha neste momento para restabelecer a energia na Zona Norte e que prevê que o serviço esteja normalizado por volta das 22h.