Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

CMM aprova diploma de Cidadão de Manaus a Gedeão Amorim

A homenagem ao atual superintendente da Funasa/AM apresentado pelo vereador Everaldo Farias (PV) foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal de Manaus

“Teremos outras etapas mais adiante, visando o aumento de alojamentos e uma parte exclusiva para imunodeprimidos”, anunciou Gedeão Amorim

Natural do Ceará, Amorim se disse honrado com a homenagem dos vereadores (ACRITICA/AC)

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou nesta quarta-feira (4), por unanimidade, o Diploma de Cidadão de Manaus ao professor Gedeão Timóteo Amorim, atual superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa/AM), pelos relevantes serviços prestados à sociedade manauense. O projeto de decreto legislativo nº 003/2013 que originou a homenagem foi apresentado pelo vereador Everaldo Farias (PV).

“Acredito que essa homenagem representa o reconhecimento de um profissional que mudou a história da Educação no Amazonas e, principalmente, de Manaus, aumentando os índices nacionais de ensino nos sete anos que esteve à frente da Seduc (Secretaria Estadual de Educação). Atualmente, ele realiza um trabalho sério e responsável na Funasa/AM, contribuindo agora para a melhoria da saúde pública e ambiental da capital e interior. Nada mais justo que a entrega desse diploma”, afirmou Everaldo.

Natural da cidade de Icó, no interior do Ceará, Gedeão Amorim instalou-se em Manaus logo na sua juventude, graduou-se em Filosofia e fez especialização em Antropologia Amazônica pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Posteriormente, tornou-se Mestre em Administração, na área de Políticas e Gestão Institucional, pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Ele se disse honrado com a homenagem dos vereadores. “Quero agradecer a todos os vereadores da Câmara por terem me concedido o título Cidadão de Manaus, pois eu  escolhi esta cidade para criar meus filhos e netos e onde estou construindo a história da minha vida. Tenho muito respeito pelas pessoas daqui, pela forma respeitosa e hospitaleira que ela se tratam e tratam quem vem de fora. É uma honra ser considerado cidadão de Manaus”, declarou o professor.

Com o título de cidadão do Amazonas concedido pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE) em 2011, Gedeão afirmou que esse tipo de reconhecimento só reforça sua responsabilidade com a população do Estado. “Continuarei trabalhando em prol das famílias que vivem em Manaus e no interior para que essa homenagem seja fortalecida a cada dia na minha vida e na vida das pessoas desse Estado”, disse.

Gestão em Educação

No período em que esteve à frente da Seduc (2005-2012), Gedeão Amorim conseguiu elevar a posição do Amazonas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 26º lugar para 7º lugar; colocou o Estado em 3º no ranking de melhor rendimento salarial ao professor com o valor de R$ 2.440,00 para um regime de 40 horas semanais e idealizou o projeto ‘Centro de Mídias de Educação do Amazonas’, desenvolvido atualmente pelo Governo do Estado.

Na esfera federal, criou o ‘Programa Especial de Formação Docente’ (PEFD-Ufam) e a mesma proposta ele implantou na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) com o ‘Programa de Formação e Valorização de Profissionais da Educação’ (Proformar-UEA). As duas medidas permitiram a graduação da maioria dos professores da capital e interior do Amazonas, totalizando mais de 16 mil profissionais.  

Gestão em Saúde

Em três meses à frente da Funasa/AM, Gedeão já realizou visita a 16 municípios  para levar assessoria técnica na área de elaboração a projetos de saneamento básico; iniciou a reavaliação do sistema de esgoto em todos os municípios do interior do Estado; dobrou a adesão de municípios no Programa de Aceleração do Crescimento na segunda etapa (PAC-2); entregou relatórios do novo  sistema de esgotamento sanitário e nova rede de água a oito prefeituras; finalizou as obras de  1.280 Módulos Sanitários Domiciliares (MSDs) do PAC-1, que estavam em andamento desde 2011; e entregou as novas instalações da Casa de Saúde do Índio (Casai) de Manaus, dobrando a capacidade de atendimento. 

*Com informações da assessoria de imprensa