Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Com rosto desfigurado, cadáver é encontrado em mato no São Raimundo, bairro da Zona Oeste

Testemunhas e polícia acrditam que o homem, que ainda não foi identificado, foi forçado a entrar em um veículo e executado posteriormente no local. Ele levou quatro tiros na face

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso (Winnetou Almeida)

O corpo de um homem ainda não identificado, aparentando ter entre 25 a 40 anos, foi encontrado morto com quatro tiros no rosto por volta das 22h de sábado (23), em um matagal na rua Vista Alegre do bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus. Segundo a polícia, a vítima foi forçada por dois suspeitos não identificados a entrar em um carro vermelho na noite sábado (23). 

Após entrar no carro, os supostos sequestradores ficaram rodando com ele durante horas até chegarem no bairro do São Raimundo, onde encontraram o matagal escondido. Em seguida, os autores desceram do carro, arrastaram a vítima até o local do crime e o executaram. Segundo moradores, foram ouvidos sete disparos. A vítima, porém, foi encontrada com o rosto desfigurado.

Policiais informaram, ainda, que a vítima foi atingida por quatro dos sete disparos. Não havia ninguém na rua no momento do crime. Os moradores viram apenas o carro vermelho saindo em alta velocidade do local. 

Os suspeitos quase colidiram contra o muro de uma casa na pressa de fugir e alguns metros à frente, também por pouco não atropelaram um pedestre que seguia apareceu seguindo na rua alguns metros distante do local do crime. 

O homem morreu no local sem chance de ser socorrido devido à gravidade dos ferimentos.  O corpo foi removido antes da meia-noite de sábado e até a publicação desta matéria continuava no Instituto Médico Legal (IML) aguardando identificação. 

O crime, com características de execução, de acordo com a polícia, está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs), localizada na Zona Leste. A especializada ainda não tem informações sobre a identidade da vítima ou dos autores do crime.