Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Caminhão destrói três carros e atinge três imóveis na Kako Caminha, Zona Sul de Manaus

Motorista trafegava pela avenida por volta das 8h30 quando perdeu o controle do veículo. Para evitar colidir com ônibus à sua frente, jogou o caminhão na calçada

Veículo destruiu carros e muros que estavam por perto

Veículo destruiu carros e muros que estavam por perto (Érica Melo)

Na manhã desta quinta-feira (17), um caminhão desgovernado da empresa JK Distribuidora de Carnes atingiu três carros e três imóveis na avenida Kako Caminha, bairro Presidente Vargas, Zona Sul de Manaus. O caminhão, de placas MPB-0487, trafegava no sentido Centro-bairro quando, por volta das 8h30, o motorista perdeu o controle do veículo.

“Naquele momento, vi um ônibus articulado parado na minha frente. Para não bater nele, preferi jogar o caminhão na calçada”, disse Diego Lima, que conduzia o veículo. Ao sair da pista para o meio-fio, ele atingiu três carros - ques estavam estacionados e sem ninguém dentro - e três imóveis das proximidades.

“Tomei um susto. Minha família estava tomando café da manhã quando ouvi um barulho horrível. Parte do muro da frente caiu. Só fiquei pensando nas crianças que estavam brincando no pátio da casa minutos antes do caminhão chegar”, disse Terezinha Vilagelim de Souza, 74, que mora em uma das casas afetadas. 

Outra casa teve parte do muro da frente derrubado e uma oficina vizinha teve a cobertura de telha de alumínio amassada. Já a situação dos três veículos atingidos foi dada como perda total.

Não houve vítimas fatais e o único ferido, o acompanhante do motorista do caminhão, teve ferimentos leves e foi prontamente conduzido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, com um corte no queixo. Ele foi logo liberado. 

Três agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) estiveram no local para coordenar o fluxo dos carros, que não foi muito afetado pelo acidente. Demais circunstâncias serão investigadas pela Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (Deat).

*Com informações da repórter Jéssica Vasconcelos