Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Casa é construída em ‘invasão’ no Prosamim da Alvorada

Por ‘precisar de um lugar para morar’, homem decidiu construir uma casa em pleno Prosamim, incomodando a vizinhança

Ontem, as obras estavam em andamento na casa, e o primo do responsável, que trabalhava no local, alegou que ele estava procurando regularizar o imóvel

Ontem, as obras estavam em andamento na casa, e o primo do responsável, que trabalhava no local, alegou que ele estava procurando regularizar o imóvel (J. Renato Queiroz)

Moradores das ruas 8 e 11, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, denunciam a construção irregular de uma casa na área desapropriada e não ocupada pelas obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), no igarapé da Sapoândia.

A área desapropriada foi urbanizada com o plantio de grama por causa da intervenção do Prosamim. Mas, de acordo com os moradores, o espaço público foi invadido há cerca de dois meses.

No local, está sendo construída uma casa de alvenaria. Um morador, que reclama da situação e preferiu não se identificar, temendo represálias, disse que quando o responsável começou a construir a casa no local proibido, foi questionado pela vizinhança se ele tinha autorização e ele informou que sim.

Na manhã de ontem, o responsável pela obra não estava no local, e sim um primo dele, que se identificou apenas como “Eduardo”. Ele não informou a identidade do primo, mas disse que o mesmo estava “correndo atrás para regularizar a situação da casa”.

Eduardo alegou que o primo, que atualmente mora na Cidade Nova, Zona Norte, estava precisando de uma casa própria porque depende apenas do salário de industriário para manter a família - um filho pequeno e a esposa, que está grávida.