Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Centro Integrado coordena operações de segurança para a Copa do Mundo em Manaus

Todas as ações de Segurança Pública para o evento Copa do Mundo em Manaus serão coordenadas neste sábado (14) a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R)

As ações operacionais para a Copa foram apresentadas nesta sexta-feira (13) em coletiva à imprensa

As ações operacionais para a Copa foram apresentadas nesta sexta-feira (13) em coletiva à imprensa (Michael Dantas)

Todas as ações de Segurança Pública para o evento Copa do Mundo em Manaus serão coordenadas neste sábado (14), dia do primeiro jogo na Arena da Amazônia, a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R), local que reúne representantes de 35 órgãos das esferas Federal, Estadual e Municipal.

As ações operacionais das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e  Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) para amanhã, foram apresentadas nesta sexta-feira (13) em coletiva à imprensa coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Ao todo, cerca de 5 mil servidores do Governo do Estado e do Município irão colocar em prática o Plano Geral de Segurança para a Copa do Mundo em Manaus, planejado e testado nos últimos quatro anos de forma integrada, de acordo com o secretário de Segurança Pública, Paulo Roberto Vital.

O secretário destaca que o evento deste sábado será o maior teste de todo o planejamento já feito, consolidando o plano de ações previstas para os eventos da Copa do Mundo em Manaus. Ele informou que o Amazonas recebeu o investimento de R$ 100 milhões na área de Segurança visando atender as ações durante a Copa do Mundo e que ficarão como legado para o Estado.

Somente a Polícia Militar, de acordo com o comandante geral, coronel Almir David, irá colocar de forma direta e indireta cerca de 3 mil policiais nas operações dos eventos da Copa e ainda no policiamento ostensivo nas ruas por meio do programa Ronda no Bairro, que conta com 700 policiais por turno. Ele destacou que todas as modalidades de policiamento serão utilizadas, entre elas, a polícia montada, Canil, Fluvial, Aéreo, e o Esquadrão Anti-bombas (Grupo Marte).

A Polícia Civil terá o efetivo de 1.200 policiais em todos os turnos, reforçando as equipes de plantão nos Distritos Integrados de Polícia (DIPs), ressaltou o delegado-geral, Josué Rocha. "Nossa estrutura foi reforçada para atender a demanda de ocorrências típicas de grandes eventos", disse.

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) irá atuar na fiscalização do trânsito em Manaus e nas rodovias estaduais, visando principalmente coibir o descumprimento da Lei Seca. O presidente do órgão, Leonel Feitoza, destacou que estrangeiros foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica e foram orientados quanto à legislação brasileira. "Estamos orientando sobre a Lei Seca e pedimos que eles chamem uma pessoa de confiança para conduzir o veiculo, após comprovação de que a mesma não consumiu bebidas alcoólicas. Nossa objetivo é deixar a cidade segura e livre de acidentes por conta da ingestão de álcool", disse.

O Corpo de Bombeiros montou uma estrutura especial para atender os banhistas que forem à praia da Ponta Negra, segundo informou o comandante da instituição, coronel Roberto Rocha. Ele destacou que somente naquele local ficarão a postos 70 bombeiros militares. 

O Plano Geral das Ações de Segurança Integrada para a Copa do Mundo foi elaborado pela Secretaria Executiva de Grandes Eventos (Seasge) da
Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e aprovado pelo Governo Federal.