Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Novo Centro de Reabilitação em Dependência Química traz esperança a famílias atingidas pelas drogas

Governador Omar Aziz inaugurou nesta sexta (28) o primeiro centro da rede pública de saúde dedicado a recuperar os viciados em drogas

Livre das drogas há dois anos, Celso comemora com a mãe, Mariluce Silva, a abertura de um centro para reabilitação

Livre das drogas há dois anos, Celso comemora com a mãe, Mariluce Silva, a abertura de um centro para reabilitação (J. Renato Queiroz)

O industriário Celso da Silva, 27, morador do bairro Mauazinho, Zona Leste, é um dependente químico em tratamento, mas ontem compartilhou a alegria de estar vivendo um momento limpo da vida dele, com mais de dois anos sem usar drogas, um motivo da alegria. Celso foi compartilhar a felicidade no Centro de Reabilitação em Dependência Química Ismael Abdel Aziz, inaugurado nesta sexta-feira (28) pelo governador Omar Aziz. A nova unidade do Estado fica no Km 53 da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara), no Município de Rio Preto da Eva.

“Não posso prometer que amanhã não vou usar droga, mas eu prometo todo dia que não vou usar, e hoje estou há dois anos, dois meses e dois dias sem usar e vou continuar. É difícil, mas não é impossível, só tem que ser forte”, disse.

A funcionária publica e mãe de Celso, Mariluce da Silva, 52, afirmou que estava representando no evento a “aflição de mães” que têm filhos usuários de drogas. Emocionada, ela falou que nunca desistiu de tirar o filho do mundo das drogas. “Não desistam de seus sonhos mães, eu não desisti do meu. Hoje ele está bem e eu também me sinto bem, essa doença não é fácil, sei muito bem a dor que cada mãe sente. Tenho fé que, se ele está todos esses dias sem usar droga nenhuma, ele ficará muitos mais dias” afirmou.

O técnico em dependência química Paulo Victor, 26, morador do bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul, disse que irá ajudar na recuperação de dependentes químicos no CRDQ Ismael Abdel Aziz com a vantagem de ser um dependente químico em recuperação. “Irei trabalhar com jovens que irão começar o tratamento, e eu sei como é difícil, posso passar isso a eles, pois estou bem a frente no tratamento e irei fazer isso de uma forma bem dinâmica”, afirmou.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Wilson Alecrim, o CRDQ tem capacidade para 120 pacientes atendidos por até 90 dias. “Eles terão, além do acompanhamento médico, todo o suporte terapêutico para atendimento no auxilio da recuperação”, disse.

O acesso dos pacientes aos serviços do CRDQ Ismael Abdel Aziz será por meio da Rede de Atenção Psicológico do Estado, que inclui 22 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), três localizados em Manaus e 19 nos municípios do interior; nas Policlínicas e o Pronto-Atendimento Humberto de Mendonça. A partir de setembro também por meio dos CAPS Antidrogas, da Secretária Municipal de Saúde (Semsa). “ Estas unidades é que funcionarão como porta de atendimento do centro”, detalhou a responsável pelo coordenação Estadual de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas, Lourdes Siqueira.

Além do acompanhamento médico, os pacientes atendidos no CRDQ participarão de atividades terapêuticas, que incluem oficinas de artesanato, música, informática, corte e costura, panificação, piscicultura, jardinagem e horticultura. Também terão atividades de esporte e lazer. Outro diferencial do serviço é que as famílias estarão envolvidas diretamente.