Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Cerca de 7,9 mil animais receberão vacina contra raiva na zona rural de Manaus

A campanha passará pela área rural terrestre, em comunidades na rodovia BR-174 até Presidente Figueiredo e na rodovia AM-010 até Rio Preto da Eva. As vacinações na área urbana estão previstas para setembro

A prefeitura pretende vacinar no mínimo 7.937 animais, sendo 6.398 cães e 1.539 gatos

Os agentes de vacinação pretendem ir às casa também durante os finais de semana (Divulgação)

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), iniciou nesta terça-feira (6), na zona rural de Manaus, a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal, que pretender atingir e imunizar 7,9 mil bichos.

A campanha passará pela área rural terrestre, nas comunidades ao longo da rodovia BR-174 até o limite do município de Presidente Figueiredo, e na rodovia AM-010, até o município de Rio Preto da Eva, abrangendo ramais e vicinais.

O chefe do Núcleo de Controle da Raiva Animal do CCZ, José Horácio Pereira, explica que a vacinação antirrábica também atenderá comunidades ribeirinhas às margens dos rios Negros e Amazonas. “Na área fluvial, a campanha está prevista para ter início no dia 21 de maio”, disse.

A meta da Susam e CCZ é vacinar no mínimo 7.937 animais nas áreas rurais, sendo 6.398 cães e 1.539 gatos. O trabalho na zona rural terrestre está sendo executado por duas equipes de vacinadores, que visitam cada residência para a aplicação da vacina.

“A vacina pode ser aplicada em animais com mais de três meses de vida e que estejam em boas condições de saúde. A recomendação é para que os moradores auxiliem na contenção dos animais para a aplicação da vacina”, informa José Horácio.

A novidade em 2014 é que as equipes também estão atuando aos sábados para realizar as ações da campanha na área rural terrestre, já que muitos proprietários de sítios e fazendas estão no local apenas durante os finais de semana.

A campanha de vacinação contra raiva animal na zona urbana de Manaus está prevista para iniciar no mês de setembro deste ano, com previsão para atingir mais de 200 mil animais.

Doença

A raiva é uma doença grave causada por vírus do gênero Lyssavirus, que ataca o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal e nervos) dos mamíferos. O vírus é temporariamente eliminado, principalmente pela saliva do animal doente e, geralmente, é transmitido quando o animal infectado morde, arranha profundamente ou lambe a pele lesionada de outro animal ou pessoa.

Os sintomas da Raiva podem demorar a aparecer, mas quando o vírus atinge o sistema nervoso do animal, este pode apresentar os seguintes sinais de forma progressiva e rápida: mudança brusca de comportamento (inquietação, andar sem rumo, agressividade e isolamento); cães e gatos apresentam “tiques” como se estivessem mordendo o ar; salivação abundante; dificuldades para engolir; fotofobia (aversão à luz); mudanças nos hábitos alimentares; e paralisia das patas traseiras.

Depois do início dos sintomas, os mamíferos normalmente adoecem e morrem, em média, em dez dias. Por ser uma doença que pode ser transmitida dos animais para os seres humanos e por apresentar letalidade em 100% dos casos, a raiva é uma zoonose de grande importância na saúde pública.

*Com informações da assessoria de imprensa