Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Cobradora de ônibus morre após ter cabeça esmagada por coletivo

Funcionária havia acabado de desembarcar do coletivo 623, onde trabalhava, e passou correndo na frente do ônibus 612, quando foi atropelada. Caso está sendo investigado pela polícia

atropelamento

Acidente aconteceu na rua Américo Alvarez, bairro Japiimlândia, Zona Sul da capital (Cláudio Alves)

A cobradora de ônibus Maria Raimunda Fenelon de Carvalho, 60, morreu no início da tarde desta quarta-feira (27), em Manaus, após ter a cabeça esmagada por um ônibus no bairro Japiimlândia, na Zona Sul da cidade. Ela havia acabado de desembarcar do coletivo 623, onde trabalhava, e passou correndo na frente do ônibus 612, quando foi atropelada.

O incidente aconteceu na rua Américo Alvarez, próximo à estação dos coletivos, por volta das 12h30. O motorista do 612, colega de trabalho da vítima, que não teve o nome revelado, não fugiu do local e prestou socorro à cobradora. Ele estava desesperado e chorando muito no momento que foi conduzido ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Segundo o tenente Marcos Barroso, da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o incidente parece ter ocorrido por uma fatalidade, já que o motorista do 612 conduzia o veículo em baixa velocidade. A linha 623 pertence à empresa do grupo Eucatur, que já enviou representantes até o local do acidente.

“Estamos todos chocados. Vi a foto que mandaram pelo Whatsapp. Ela era muito prestativa. Sempre que a empresa fazia aniversário, ela vinha e ajudava todos na festa”, disse uma funcionária da Eucatur que não quis se identificar. O local do acidente foi periciado pela Polícia Civil, que deve avaliar a culpabilidade do motorista no caso.