Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dois comerciantes colombianos são presos em Manaus por furtar mochila de turista peruano

A vítima veio à cidade para assistir aos jogos da Copa do Mundo, e fazia compras em uma loja de importados na rua José Paranaguá, no Centro, quando teve o objeto furtado

Rua José Paranaguá, Centro, concentra pelo menos nove estabelecimentos que funcionam como motel, pensão ou hotel, conforme a necessidade do cliente

Os suspeitos foram localizados em frente a um dos hotéis também da rua José Paranaguá (Luiz Vasconcelos)

Dois comerciantes colombianos foram presos em flagrante, em Manaus, suspeitos de furtarem a mochila de um turista peruano que está na cidade para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Os suspeitos, identificados como Luiz Fernando Hernandez Diaz e Jair José Uran, foram capturados pela Polícia Militar e levados a uma delegacia.

Na mochila, havia pertences pessoais e a quantia de R$ 800. A vítima, Gilberto Luiz Cherres, fazia compras em uma loja de importados na rua José Paranaguá, no Centro de Manaus, e teve o objeto levado enquanto escolhia produtos. Cherres deixou a mochila em um espaço da loja e, quando procurou o objeto novamente, não o encontrou.

Policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados e, por meios de imagens das câmeras de segurança do estabelecimento, conseguiram identificar dois colombianos como autores do furto. Nas imagens, era possível visualizar Hernandez Diaz e Uran saindo da loja carregando a mochila do turista peruano.

Os suspeitos foram localizados em frente a um hotel também na rua José Paranaguá, e um deles estava com a mochila da vítima. Os dois foram levados para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Praça 14, onde eles negaram o crime. Hernandez Diaz, inclusive negou conhecer Uran e afirmou ter sido confundido com outra pessoa.

Com base nas provas, os dois colombianos foram autuados por furto qualificado e levados à cadeia pública de Manaus. O dinheiro da vítima não foi localizado. A prisão deles foi comunicada ao consulado da Colômbia e à Polícia Federal. Os dois estavam em Manaus desde o dia 6 deste mês e tinham autorização para permanecer na cidade por 90 dias. Os passaportes deles foram apreendidos.