Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Consumidor espera gastar, em média, R$ 330 com as compras de natal, aponta pesquisa

Dos 88,3% que responderam já terem decidido o que comprar, a maioria afirmou querer comprar vestuário, brinquedos, smartphones, tablets, TVs e DVDs

Compras de Natal

Quanto ao local onde os consumidores costumam fazer compras, a pesquisa apontou ainda que a preferência continua sendo o Centro de Manaus (Euzivaldo Queiroz)

O consumidor amazonense pretende gastar, em média, R$ 330 com as compras de Natal em 2013. É o que revela a Pesquisa de Intenção de Compras e Confiança do Consumidor, da Fecomércio Amazonas, realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (Ifpeam) no mês de novembro, com aplicação em dezembro.

A maioria dos entrevistados (33,4%) revelou que pretende gastar com o presente natalino entre R$ 201 e R$ 400. Dos 88,3% que responderam já terem decidido o que comprar, a maioria afirmou querer comprar vestuário (10,5%), brinquedos (6,5%), smartphones e tablets (3,7%), TVs (3,4%) e DVDs com 1,1%.

Quanto ao local onde os consumidores costumam fazer compras, a pesquisa apontou ainda que a preferência continua sendo o Centro de Manaus, com 65,2% dos entrevistados, seguido 20,3% que pretendem comprar em shoppings (20,3%) e 14,5% no comércio dos bairros onde moram.

Em suas compras, 50,8% dos consumidores afirmaram utilizar a modalidade “A dinheiro ou débito automático” como principal forma de pagamento (50,8%), já os pagamentos por meio do cartão de crédito representaram 44,0% e o crediário 4,8% do total de entrevistados.

Economia Amazonense

Na análise da situação da economia amazonense atual, 49,3% dos entrevistados relatou que a economia está bem melhor que o observado no mesmo período do ano passado.

Quanto à expectativa econômica para os próximos seis meses, 56% dos entrevistados relataram que a situação estará melhor do que a atual.

Em relação à empregabilidade, o índice deste mês revelou que 40,7% dos entrevistados indagaram que as chances de conseguir um emprego estão um pouco ou muito mais fácil quando comparadas ao mesmo período do ano passado.

Já para os próximos três meses, observa-se que 49,2% dos consumidores acreditam que as chances de conseguir um novo emprego estarão um pouco ou muito mais fáceis que a atual.

A pesquisa foi realizada por zonas de Manaus junto a 400 consumidores.

*Com informações assessoria de imprensa da Fecomércio