Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Corpo é encontrado com ‘tapurus’ no rosto dentro de saco na estrada do Puraquequara, em Manaus

Pela rigidez do corpo, a suspeita é que a vítima tenha sido morta há três dias. “O corpo estava inteiro encolhido, de tal modo que coubesse dentro daquelas sacas de trigo de 60 quilos”, disse o delegado Robson Siqueira

Corpo foi levado pela viatura do IML para procedimentos de identificação no Instituto

O saco estava na beira da mata, em um local descampado usado para estacionamento de carros, próximo a entrada de um sítio (Antônio Lima)

Um corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado em avançado estado de decomposição e com marcas de pancada na cabeça dentro de um saco de 60 quilos na beira da estrada do ramal da Escola, no Km 1 da estrada do Puraquequara, bairro Puraquequara, Zona Leste, ontem, por volta das 18h.

Pela rigidez do corpo, a suspeita é que a vítima tenha sido morta há três dias. “Ele foi morto, provavelmente, sexta-feira e foi jogado aqui, que é local de desovada. Ninguém soube dizer quem era e o corpo estava inteiro encolhido, de tal modo que coubesse dentro daquelas sacas de trigo de 60 quilos”, disse o delegado do 14º Distrito Integrado de Polícia, Robson Siqueira.

O saco estava na beira da mata, em um local descampado usado para estacionamento de carros, próximo a entrada de um sítio. “Tinha muito ‘tapuru’ pelos olhos. O rosto estava bastante desfigurado pelos vermes. Aparentava ser um caseiro ou um pescador, mas não tinha documentos”, afirmou Siqueira.

Ainda de acordo com o delegado, o cadáver tinha marcas de pancada na fronte esquerda do rosto e afundamento do crânio próximo à testa. A vítima aparentava ter entre 25 e 30 anos, tinha cerca de 75 quilos e 1,70 metros, e vestia bermuda preta. O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo e a Delegacia de Homicídios deverá investigar o caso.