Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Coveiro é preso por vender drogas dentro de cemitério em Manaus

Conforme a polícia, o coveiro vendia drogas durante o dia inteiro no cemitério e escondia trouxinhas de entorpecentes dentro das lápides

O crime ocorria dentro do Cemitério São Francisco, na rua Coronel Pedro de Souza,  bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da capital

O crime ocorria dentro do Cemitério São Francisco, na rua Coronel Pedro de Souza, bairro Morro da Liberdade, Zona Sul da capital (Luiz Vasconcelos)

Um coveiro e o comparsa dele foram presos nesta quinta-feira (8), em Manaus, por venderem drogas no Cemitério São Francisco, na rua Coronel Pedro de Souza,  bairro Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus. O coveiro João Bosco de Almeida Magalhães, 49, e o comparsa, Fernando Pereira da Silva, 26, foram pegos em flagrante por policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública.

Os policiais receberam denúncia pelo Disque 181 de que pessoas vendiam entorpecentes dentro do Cemitério São Francisco e, no local, constataram a atividade ilegal. Após abordagem, foram encontradas 40 porções de pasta base de cocaína, 20 porções de oxi e R$ 30. Conforme a polícia, o coveiro aproveitava a própria função para vender drogas durante o dia inteiro no cemitério, e escondia as trouxinhas dentro das lápides.


João Bosco e Fernando foram levados ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e, em depoimento, negaram que atuam no tráfico de drogas. O coveiro João Bosco disse que a droga era de um homem homossexual chamado Tiago, que não foi encontrado pela polícia. Ele afirmou que apenas trabalha como coveiro no cemitério. Os dois foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas e serão levados para cadeia.