Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Desfiles cívicos levam mais de 2 mil alunos às ruas de Manaus

Estudantes da rede municipal de ensino desfilaram pelas ruas das zonas Leste, Oeste e Rural de Manaus

Com faixas, cartazes e bandeiras nas mãos, alunos praticaram civismo

Com faixas, cartazes e bandeiras nas mãos, alunos praticaram civismo (Divulgação)

Em comemoração as datas de Elevação do Amazonas à Categoria de Província e Independência do Brasil, respectivamente nos dias 5 e 7 de setembro, alunos da rede municipal de ensino participaram de desfiles cívicos, na manhã desta quinta-feira (4), nas zonas Leste, Oeste e Rural de Manaus. As programações reuniram mais de dois mil alunos, além dos pais e das comunidades.

O tradicional desfile cívico da Escola Estadual Aristóteles Alencar, que há mais de duas décadas percorre as ruas do bairro do Coroado na Semana da Pátria, contou, neste ano, com a participação de 100 alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Dilsen Silva Alves.

Com faixas, cartazes e bandeiras nas mãos, os estudantes do Cmei chamaram a atenção para os temas: saúde, educação, lazer, moradia e segurança.  No grupo da saúde, as crianças usavam luvas e máscaras de médico.

Durante todo o percurso, um carro de som tocava o Hino Nacional. Jéssica Sobrinha, de 5 anos, participou pela primeira vez da programação e já aprendeu sobre a importância das datas comemorativas. “Estou marchando por causa do Brasil. Porque eu amo o Brasil e hoje é uma data importante”, disse.

Segundo a diretora do Cmei Dilsen Alves, Adria Marinho, desde o mês de agosto, os alunos estão aprendendo temas relacionados à Pátria. A ideia é que eles entendam, já na infância, a importância do patriotismo e da Semana da Pátria.

“Um evento como este é de suma importância porque estamos trabalhando o amor à Pátria e os valores ligados à questão da cidadania. Os alunos também aprendem a respeito dos símbolos nacionais. Trabalhamos os temas na escola e o desfile é a culminância de todo o trabalho. Eles estavam ansiosos para esse dia”, relatou.

Nostalgia

A consultora de vendas Dreyceane Sores acompanhou a filha Luiza Soares, de 3 anos, no desfile cívico escolar. Para ela, foi um momento de nostalgia, já que, quando era estudante, participava todos os anos do desfile de 7 de setembro como ritmista da fanfarra da escola na qual estudava.

“Eu estou aqui com a minha filha relembrando o meu tempo de garota. Assim como a minha mãe me acompanhava, eu acompanho minha filha agora. Acho legal trabalhar esse espírito patriota com as crianças, porque infelizmente isso tem se perdido. Eu estou gostando muito. Acho que estou até mais empolgada que ela”, afirmou.

Já Luiza disse que estava representando um soldado. “Eu estou marchando igual um soldado. A professora disse que eles são a honra do País”, comentou.


No bairro da Compensa, na zona Oeste, cerca de 750 alunos de sete escolas municipais também participaram do desfile cívico. A marcha teve início na Escola Municipal Eliana Lúcia Monteiro da Silva, situada na Avenida Brasil, e encerrou nas proximidades da Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor de Freitas, na mesma via.  O ‘Respeito pela Vida’ foi tema do desfile.

Pelotões do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) José Ribeiro, Cmei Nilza dos Santos Alencar e das escolas municipais Francisca Gomes Mendes, Eliana Lúcia Monteiro da Silva, Santo Agostinho, Terezinha Moura Brasil e Elvira Borges participaram do desfile, que teve como objetivo a construção de uma sociedade sustentável, de cultura e paz.

Coordenadora dos alunos da Escola Municipal Elvira Borges, Andréia Silva Rodrigues contou que os estudantes se dedicaram aos ensaios durante uma semana. “Foi um evento que contou com a colaboração de todos os gestores da escola. As crianças gostam bastante de participar e  sempre  orientamos sobre a questão da valorização do nosso pais”.

A aluna Tainá Isabelle de Souza, de 11 anos, está no 5º ano do Ensino Fundamental e contou que participa do desfile cívico há 4 anos. “Participo há muito tempo e acho bastante legal. É um momento no qual temos a oportunidade de sair da sala de aula para a execução de uma atividade importante para o Brasil”.

 Zona Rural

Na zona Rural, o desfile cívico reuniu cerca 1,3 mil alunos da educação infantil e do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A solenidade contou com a participação de 21 unidades de ensino localizadas na zona geográfica e foi realizada no Conjunto Viver Melhor 1.

Na oportunidade, a coordenação pedagógica da DDZ Rural, orientou às escolas que mostrassem um pouco do trabalho no processo ensino aprendizagem junto às comunidades adjacentes, em que a unidade de ensino desenvolve suas ações, projetos, programas e atividades recreativas e sociais.

No desfile, toda a comunidade escolar teve a chance de interagir, erguendo cartazes que tinham como tema a “Violência na escola” e “A escola do campo”, entre outros assuntos.

*Com informações da assessoria de imprensa