Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dupla invade PAC Alvorada e assalta R$ 5 mil do posto do Sinetram, na Zona Centro-Oeste

Mais de 400 pessoas estavam no PAC no momento em que os bandidos entraram, de “cara limpa”. Testemunhas disseram que a dupla fugiu em carro e moto que aguardavam na rua ao lado

Após pegarem o dinheiro, eles ainda roubaram o celular e a bolsa de uma cliente que aguardava atendimento na fila do Sinetram

Após pegarem o dinheiro, eles ainda roubaram o celular e a bolsa de uma cliente que aguardava atendimento na fila do Sinetram (Winnetou Almeida)

Dois homens armados invadiram a área interna do Pronto Atendimento do Cidadão (PAC) do bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, e roubaram cerca de R$ 5 mil do posto do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), onde usuários do transporte compram crédito para os cartões passa fácil.

O crime aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (10) e o roubo foi confirmado por representantes do Sinetram. Funcionários do PAC informaram que os assaltantes estavam com armas em punho e que entraram no local diretamente ao posto do Sinetram.

Os dois homens estavam de “cara limpa”. “Um deles apontou a arma para a moça que estava atendendo. Ela ficou assustada e os dois entraram na sala e pegaram o dinheiro”, explicou uma funcionária da Ouvidoria Geral do Estado que prefere não ser identificada.

Ao todo, mais de 400 pessoas estavam dentro do PAC no momento em que os bandidos entraram. Após pegarem o dinheiro, eles ainda roubaram o celular e a bolsa de uma cliente que aguardava atendimento na fila do Sinetram. Testemunhas também disseram que os suspeitos fugiram em um carro e uma moto que aguardava por eles na rua ao lado.

Outros servidores reclamaram da falta de segurança. “Alguns serviços até já ameaçaram a sair daqui por conta dessa onda de assaltos. Em seis meses, esta foi a segunda vez que nós fomos assaltados”, afirmou o chefe do Departamento dos PACs, Joel Sales. Após o ocorrido, o atendimento ao público foi suspenso no período da tarde, e deve retornar na sexta (11).

Pessoas que estavam em uma parada de ônibus que fica em frente do PAC também reclamaram do policiamento. “Todo dia tem assalto aqui nessa área”, disse uma mulher que não quis se identificar. Segundo os policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o policiamento na área do PAC será reforçado.

O crime de assalto foi registrado na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), porém o delegado titular Orlando Amaral afirmou que ninguém havia sido preso até o momento.

Reunião com a PM

Na tentativa de achar uma solução para o problema, Joel Sales também afirmou que nesta sexta (11) a Ouvidora-Geral do Estado, Zanele Rocha, deve agendar uma reunião com o Comandante-Geral da PM, coronel Almir David, para pedir reforço no policiamento.

“Há seis meses chegou a ser feito um acordo verbal. Mas isso não durou muito tempo. Os funcionários querem seguranças para trabalhar”, afirmou Sales.

Bradesco do PAC

Em novembro de 2013, a agência do Bradesco dentro do PAC do Alvorada também foi assaltada. Na época, dois bandidos entraram fortemente armados no local e, antes de encerrar o atendimento, a dupla anunciou o roubo e levou R$ 30 mil do banco.

Antes de efetuarem fuga, a dupla de assaltantes ainda chegou a efetuar vários disparos de arma de fogo, fazendo clientes e funcionários do PAC se jogarem no chão. Pelo menos três perfurações de projéteis ficaram visíveis nas divisórias e no forro do PAC.