Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Durante briga familiar, travesti mata o próprio sobrinho com uma tábua de cortar carne

Rafael, de 16 anos, foi atingido no pescoço e chegou a um Serviço de Pronto Atendimento já sem vida. Dos dois tios acusados do homicídio, ocorrido na residência deles, apenas um foi preso pela polícia

Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros prenderam a "Sasha" em sua própria casa, onde o crime ocorreu

Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros prenderam a "Sasha" em sua própria casa, onde o crime ocorreu (Luiz Vasconcelos)

Uma briga entre tios e sobrinho terminou com a morte do adolescente Rafael da Silva Chaves, de 16 anos, nesta segunda-feira (2). A vítima levou um forte golpe no pescoço com uma tábua de cortar carne. O tio dele, o travesti Airton Silva de Amorim, 29, também conhecido como “Sasha”, foi preso minutos depois do crime, em sua própria casa. O outro tio, o ex-presidiário Cristiano Feitosa Amorim, 23, o “Pipito”, está foragido.

De acordo com informações de familiares da vítima, Rafael morava com a avó e os tios na rua Gil Vicente (antiga Santa Rita), bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. O adolescente havia passado a noite do último domingo (1°) e a madrugada de segunda cheirando “loló”. A vítima havia tentado por diversas vezes entrar na residência, mas os tios não deixaram.

Quando foi por volta das 7h de segunda, durante mais uma tentativa de entrar no local, Rafael travou luta corporal com Cristiano, que o imobilizou e o jogou no chão. Foi quando Airton pegou a tábua de cortar carne e acertou o pescoço do sobrinho. Outro parente de Rafael prestou os primeiros socorros, fazendo massagem cardiopulmonar e, em seguida, levou a vítima ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, no bairro Compensa 3, onde Rafael já chegou sem vida.

A equipe Falcão 7, comandada pelos investigadores Mauro José e Francisco Ramos, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), foi acionada para ir a local do crime e descobriu, por meio de ligação anônima, que Sasha continuava na própria residência. “Nós fomos verificar a denúncia e realmente constatamos que o suspeito estava na casa. Demos voz de prisão e o levados à delegadia”, explicou o investicador Ramos”.

Ao chegar à delegacia, Airton ainda negou o envolvimento no crime. Ele, porém, foi autuado em flagrante por homicídio. Após o crime, Cristiano fugiu e, até a publicação desta matéria, ele não havia sido localizado pela especializada. Segundo um parente, que preferiu não se identificar, Pipito, Sasha e Rafael são usuários de drogas. Ele disse que os tios haviam impedido a entrada de Rafael porque ele roubava objetos para comprar mais entorpecentes.

Ficha suja

Cristiano Feitosa de Amorim responde a processo na Justiça por tráfico de drogas. Ele foi preso no dia 26 de novembro de 2013 pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Na época, ele foi preso com R$ 80 e mais de 30 porções de substâncias entorpecentes. Ele havia saído da cadeia mediante a um Alvará de Soltura no dia 16 de abril deste ano.