Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Esgoto do Prosamim da Cachoeirinha volta e alaga rua

Problema na tubulação é responsável por isolar casas de três famílias, que temem desabamento e reclamam de mau cheiro


Lateral das casas que sofrem com esgoto do Prosamim: mau cheiro e riscos de doenças são apontados por moradores

Lateral das casas que sofrem com esgoto do Prosamim: mau cheiro e riscos de doenças são apontados por moradores (Lucas Silva)

Os moradores de três casas na rua Marquês da Silveira, vizinhas à área do Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), no igarapé da Cachoeirinha, bairro Japiim, Zona Sul, estão preocupados com o risco de desabamento porque a tubulação de esgoto das residências populares está alagando as casas vizinhas.

Segundo o autônomo Nicanor dos Santos Barbosa, 57, que mora com 11 pessoas em uma casa de três cômodos, há pelo menos uma semana, as tubulações do Prosamim quebraram e a água tem encharcado o aterro feito debaixo das casas. Além disso, os moradores reclamam do mau cheiro causado pela água que escorre. “Moro com muitas crianças. Não tem condições de ficar aguentando esse mau cheiro na porta de casa”, disse Nicanor dos Santos.

Outras duas casas que ficam atrás da casa de onde Nicanor mora, também estão sofrendo  conseqüências da alagação.

De acordo com Oberina Ferreira de Souza, 45, esta não é a primeira vez que as ligações da fossa apresentam problemas. Em outras ocasiões, os próprios vizinhos se reuniram para resolver o problema.

Em uma das vezes, a moradora conta que autorizou que a vizinha fizesse a ligação da fossa no cano que passa pela casa para poder evitar que todos fossem prejudicados com um problema geral. “Infelizmente, o que parece é que a obra foi feita de qualquer jeito”, acrescentou Oberina Ferreira.

Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), a obra no igarapé da Cachoeirinha foi entregue em 2009, mas a responsabilidade de manutenção é da Unidade Gestora do Prosamim.

Ligações irregulares

A assessoria de comunicação do Prosamin informou que construiu um coletor tronco de esgoto na rua Marques da Silveira, porém, a obra ainda não está liberada para uso, pois o coletor  não está interligado à elevatória de esgoto que será construída também no bairro Cachoeirinha. De acordo com a unidade gestora, o problema citado ocorre porque moradores estão ligando, irregularmente, suas casas à rede de esgoto, ocasionando refluxo para dentro das residências e o transbordamento pelo poço de visita, localizado na mesma rua. Uma equipe será enviada ao local para analisar a situação.

Mais problemas

Os moradores do Prosamim, além de estarem sendo prejudicados com a alagação, contam que pelo menos 11 postes de energia estão com as lâmpadas queimadas. Eles disseram já ter entrado em contato com a empresa Manaus Luz, que prometeu enviar uma equipe para verificar a situação do local. A preocupação é com os assaltos.