Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Feirantes do bairro Compensa, em Manaus, recebem orientação em saúde durante blitz da Prefeitura

Ação educativa do Departamento de Vigilância Sanitária reforçou noções de higiene e cuidados na manipulação de alimentos aos vendedores

Fiscais da Visa Manaus orientaram agentes sobre a melhor forma de manipular os alimentos

Fiscais da Visa Manaus orientaram agentes sobre a melhor forma de manipular os alimentos (Karla Vieira/Semcom)

A Feira Modelo da Compensa 1, na Zona Oeste de Manaus, recebeu nesta terça-feira (12) uma blitz educativa da Prefeitura de Manaus realizada por fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Manaus). A finalidade da ação foi orientar os feirantes quanto à higiene na manipulação de alimentos, como verduras, frutas, pescados e carnes, além da comercialização de medicamentos naturais, que foram encontrados sem registros.

A ação contou com 12 fiscais divididos em grupos. Logo na entrada da feira, um comerciante foi solicitado a retirar da banca um estoque de garrafas contendo “mel de cana” e mel de abelha. Os produtos estavam sendo comercializados sem o registro no Ministério da Saúde. Como a blitz tem o caráter educativo, os feirantes receberam a orientação de retirada do produto do balcão.

Fiscal da Visa Manaus, Fábio Markendorf, afirmou que diversas irregularidade são encontradas diariamente nas feiras de Manaus e, por isso, a fiscalização será constante. Segundo ele, a maior preocupação é com a higiene e o manuseio dos alimentos. “O feirante deve estar de roupa branca, com a cabeça coberta e botas brancas. Isso facilita a detecção de qualquer sujeira. Além disso, a vestimenta branca é mais fresca e absorve mais o calor”.

Fábio acrescentou ainda que para preservar a qualidade dos alimentos, o acondicionamento de pescados, frangos e carnes vermelhas precisa de um cuidado especial por parte dos feirantes. “O peixe deve estar sempre no gelo. A carne não pode ficar exposta porque chama a atenção de moscas, por exemplo. O frango deve estar congelado", disse o fiscal.

"Outro detalhe é quanto ao peixe salgado. Esse tipo de alimento é feito, geralmente, com peixe que não foi vendido no dia anterior e já sem condições de ser comercializado. Com isso, eles (feirantes) cortam e salgam, mas isso é proibido. Orientamos a retirada dos produtos, mas se houver reincidência, eles serão notificados”, afirmou o fiscal da Visa Manaus.

A fiscalização também agradou aos comerciantes. O feirante João Luiz de Oliveira, que comercializa vísceras de gado (fígado, coração, rim, tripas e buxo), disse tomar todos os cuidados. “Se o consumidor chegar até minha banca e ela estiver cheia de moscas, ele não vai comprar. Mesmo com todos os cuidados, eles (fiscais) me orientaram a usar bota branca e a melhorar a claridade da lâmpada da minha banca. Vou providenciar isso ainda hoje”, disse.

Durante a inspeção da Visa Manaus, fiscais do órgão constataram que os próprios clientes estão atentos quanto à higiene na hora das compras. O técnico de enfermagem Frank Cavalcante, por exemplo, afirma que observa todos os detalhes do produto que está adquirindo. Outra estratégia, segundo ele, é ser fiel ao feirante, comprando sempre no mesmo local.

“Temos de observar tudo. Principalmente a higiene e a qualidade dos alimentos. Eu observo se o peixe, por exemplo, está com sangue e com as guelras vermelhas. Se estiver, eu compro”, comentou Frank. As blitze da prefeitura serão levadas para outras feiras e mercados da cidade. Ainda nesta terça (12), a fiscalização ocorrerá na feira do bairro de Aparecida, Zona Sul.

*Com informações da assessoria de imprensa