Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Foragido do Compaj desde julho de 2013 é recapturado

O presidiário Amarildo Rodrigues de Lima, 28, foi recapturado na manhã desta quarta-feira (20), não oferecendo resistência à prisão

A revista envolveu mais de 90 profissionais de várias divisões policiais

O fugitivo escapara do Compaj há mais de um ano (Antônio Menezes)

O presidiário Amarildo Rodrigues de Lima, 28, foi recapturado na manhã desta quarta-feira (20). Ele foi detido em uma casa, situada na rua das Rubelitas, bairro Nova Floresta, na Zona Leste. Ele estava foragido do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde 13 de julho de 2013.

Amarildo foi preso por volta de 10h e não ofereceu resistência à prisão. A detenção foi realizada por policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).O mandado de prisão foi expedido pela juíza de Direito Patrícia Macedo de Campos, da Vara de Execuções Penais (VEP) no dia 1º de julho deste ano.

O homem foi detido no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e foi encaminhado à sede do Compaj, localizado no km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). Segundo informações repassadas pela Secretaria de Segurança Pública, Amarildo cumpria pena em regime semi-aberto no complexo penitenciário. Ele saiu da penitenciária em julho deste ano e não retornou mais.

De acordo com a Polícia Civil, o homem responde ao crime de tráfico de drogas. No site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (Tjam), há ainda registros do crime de furto, ocorrido em 2007, em nome do foragido. 

Segunda recaptura

Um segundo foragido do regime semiaberto do Compaj foi recapturado pela polícia. Jhonatan Christiano Soares Pinto, 20. Ele foi detido, por volta de 20h de terça-feira (19), na rua Aujita, bairro Tancredo Neves, Zona Leste. O homem foi preso por policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O preso responde por roubo, roubo majorado e dano qualificado.