Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Funasa/AM amplia horário de atendimento aos gestores públicos

O objetivo da medida é garantir atendimento prioritário aos gestores e técnicos de prefeituras do interior, que buscam informações sobre financiamentos de projetos de saneamento

A Fundação Nacional de Saúde no Amazonas (Funasa/AM) vai ampliar o horário de atendimento à população com regime de plantão e atendimento durante o horário de almoço a partir de janeiro de 2014. A alteração só foi possível em função da implantação do controle de ponto funcional que permitiu à superintendência garantir a presença de servidores em regime de escala.

Com sede no bairro Glória, na Zona Oeste da cidade, a Funasa/AM em Manaus tem cerca de 160 funcionários e disponibiliza atendimento de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, sem intervalos.

De acordo com o superintendente estadual da fundação, Gedeão Amorim, a medida vai garantir um atendimento prioritário aos gestores e técnicos de prefeituras do interior que viajam longas distâncias para obter informações sobre financiamentos de projetos de saneamento.

“Nós, da Funasa/AM, estamos quebrando antigos paradigmas sobre o atendimento público brasileiro. Sabemos quanto é importante para um gestor garantir um serviço de saneamento básico a sua cidade e a visita à sede da Fundação Nacional de Saúde em Manaus é muitas vezes uma esperança para resolver esse problema”, observou Gedeão, reforçando que a iniciativa representa uma nova fase de gestão no serviço público. 

No período de festas do fim de ano, a Funasa/AM funcionará normalmente, exceto nos feriados de Natal (25/12) e ano novo (01/01), além dos dias 24 e 31 de dezembro, quando a superintendência atenderá a população até às 12h.

“Existem muitos projetos em andamento do PAC-2 que precisam da presença dos servidores públicos para acelerar o processo. Por essa razão, resolvemos não adotar o recesso em nenhum dos setores”, finalizou Gedeão.

*Com informações da assessoria de imprensa da Funasa/AM