Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Funcionária pública é presa por racismo após briga de bar em Manaus

Mulher foi levada ao 6º DIP para prestar esclarecimentos. Suspeita teria chamado vítima de "neguinha", porém afirmou que não tinha intenção de ofender

Em depoimento no 6º DIP mulher confessou o crime

Em depoimento no 6º DIP mulher confessou o crime (ACRITICA/AC)

A funcionária pública Ângela Maria Guerreira Martins, 47, foi presa na madrugada desta sexta-feira (28), em Manaus, por cometer injúria racial contra uma diarista identificada como Ana Sheila, 40. O caso aconteceu quando as duas estavam em um bar na rua Itiquira, conjunto Américo de Medeiros, bairro Cidade Nova, na Zona Norte.

A diarista é negra e ligou para a polícia após Ângela a chamar de “neguinha”. Policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) levaram a funcionária pública para prestar esclarecimentos no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ângela confessou o crime, mas disse que não tinha intenção de ofender a vítima.

A funcionária pública disse que só chamou Ana Sheila de “neguinha” porque a mesma a teria xingado de gorda e feia. Segundo policiais do 6º DIP, a confusão começou quando um amigo da diarista, de nome não revelado, brigou verbalmente com Ângela no bar. Ângela pagou fiança de R$ 734 e responderá pelo crime de racismo em liberdade.