Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Fuzileiro naval é morto a tiros em estacionamento de centro de convenções após show

Junto com amigo, soldado foi alvejado por grupo de rapazes ainda não identificados, porém o outro indivíduo sobreviveu e foi encaminhado ao Hospital 28 de Agosto. A Delegacia de Homicídios deve investigar o caso

Corpo deve ser encaminhado para Salvador (BA), local onde família da vítima vive

Corpo deve ser encaminhado para Salvador (BA), local onde família da vítima vive (Divulgação)

O fuzileiro naval baiano Leandro Rocha dos Santos, 20, foi morto na madrugada desta segunda-feira (17) alvejado a tiros no estacionamento do em um centro de convenções, localizada na avenida do Turismo, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, onde foi realizado o show da banda Chiclete com Banana. Com ele estava Alcimar Manoel da Silva, 22, o qual também recebeu disparos mas sobreviveu. Os suspeitos dos crimes ainda não foram identificados.

De acordo com a Polícia Militar, os policiais da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) registraram a ocorrência por volta das 0h27 desta segunda. Segundo a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Débora Mafra, existe a suspeita de a dupla ter se desentendido com um grupo de rapazes no show promovido pela empresa Fábrica de Eventos que acontecia no local, porém, ainda não se sabe ao certo o real motivo.

Ainda segundo ela, Alcimar levou dois tiros na região do abdômen e dois tiros perna, sendo ecaminhado em seguida para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, onde realizou cirurgia. Assim que receber alta médica, o homem será chamado para depor. A assessoria do hospital deve enviar até o fim do dia um boletim informando o estado de saúde da vítima.

Conforme a delegada, a Delegacia de Homicídios deve enviar uma notificação ao 9º Distrito de Fuzileiros Navais de Manaus para obter mais informações sobre a vítima e solicitar imagens do circuito de segurança do Diamond Convention Center.

Em nota enviada à imprensa pela sua assessoria de imprensa, a empresa organizadora do evento informou que todas as medidas de segurança cabíveis foram colocadas em prática para manter a segurança dos clientes, como a disponibilização de 200 seguranças na área interna e revista para impedir que qualquer instrumento pudesse causar danos no local.

A assessoria completa, ainda no comunicando, que a empresa não pode ser responsabilizada sobre os acontecimentos registrados na área externa do Diamond Convention Center.

Na manhã desta segunda-feira, o oficial da Marinha Eisenhower Gibbs realizou os procedimentos para liberar o corpo do Instituto Médico Legal (IML). O corpo será enviado para Salvador (BA), local onde a família da vítima vive.  

*Colaborou o repórter Vinícius Leal, do Manaus Hoje