Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Hemoam promove campanha para formar estoque ‘reserva’ para a Copa do Mundo

Unidade amplia o horário do setor de coleta a partir desta segunda-feira (2), com o objetivo de reunir bolsas suficientes para atender à demanda da população e dos turistas durante o Mundial; participe!

A Fundação Hemoam funciona na avenida Constantino Nery, 4397, no bairro da Chapada, próximo à Arena da Amazônia. O setor de coleta de sangue fica aberto de segunda a sábado

A Fundação Hemoam funciona na avenida Constantino Nery, 4397, no bairro da Chapada, próximo à Arena da Amazônia. O setor de coleta de sangue fica aberto de segunda a sábado (Euzivaldo Queiroz/Arquivo AC)

A partir desta segunda-feira (2) até o dia 11 de junho, o setor de coleta da Fundação de Hemoterapia e Hematologia do Amazonas (Hemoam), órgão do Governo do Estado vinculado à Secretaria Estadual de Saúde (Susam), estará funcionando em horário ampliado, até as 19h, para atender as pessoas que quiserem fazer doação de sangue. A medida, explica o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, faz parte da Campanha de Captação de Sangue para estoque extra da Copa do Mundo 2014 e que tem Manaus como uma das sub-sedes do evento. A meta é prover o hemocentro de, aproximadamente, 1.600 bolsas extras neste mês.

Nos dias normais, o setor recebe os doadores até 18h. “A ampliação do atendimento em uma hora tem o objetivo de criar mais uma alternativa para quem só pode chegar à unidade no final da tarde, depois do horário de trabalho, por exemplo. O horário estendido só não será adotado no sábado, dia 7, quando o serviço funcionará até as 18h”, explica o diretor técnico da Fundação Hemoam, Rodrigo Leitão.

A Fundação Hemoam atende 100% da demanda de hemoterapia dos serviços públicos e privados de saúde, no Amazonas. Rodrigo destaca que a manutenção dos estoques do hemocentro em patamares adequados para essa demanda, depende da doação de sangue feita pelos cidadãos. “Esta doação é um gesto voluntário e altruísta, que salva vidas de pessoas conhecidas e desconhecidas. Procuramos desenvolver permanentes ações de sensibilização da sociedade sobre a importância da cooperação dos doadores, a fim de garantir a segurança transfusional do Estado”, afirma o diretor.

Qualquer pessoa com boa saúde, com idade entre 18 e 69 anos e peso a partir de 50 quilos, pode ser um doador de sangue. O candidato deve estar bem alimentado (não pode estar em jejum) e apresentar documento com foto. Não pode doar sangue a pessoa que teve Hepatite depois de 11 anos de idade; tem comportamento sexual de risco; é usuária de drogas, teve malária e recebeu transfusão sanguínea a menos de um ano; teve doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses; ou teve febre alta nos últimos 30 dias.

Após a doação, a pessoa pode retornar às suas atividades diárias.

“Recomendamos apenas que se alimente com o lanche oferecido logo após a doação, ainda no posto de coleta, beba bastante líquido nas seis horas seguintes após a doação, evite grandes esforços físicos, não fume até 2 horas após a doação e evite bebidas alcoólicas por 12 horas”, orienta Rodrigo.

A Fundação Hemoam funciona na avenida Constantino Nery, 4397, no bairro da Chapada, próximo à Arena da Amazônia. O Setor de Coleta de Sangue fica aberto de segunda a sábado. O doador também pode procurar o Posto Avançado de Coleta do Hemoam que funciona na Maternidade de Referência Ana Braga, que fica na Alameda Cosme Ferreira, zona Leste (em frente ao Uai Shopping), funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.