Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem morre atingido vários tiros na rua Laço do Amor, Jorge Teixeira, Zona Leste

O desempregado Rodrigo Marques Silva, 18, jogava bola na rua em que morava quando foi atingido por vários tiros na tarde de quarta-feira (25)


Rua Laço do Amor, no Jorge Teixeira, onde Rodrigo Marques Silva foi morto a tiros

Rua Laço do Amor, no Jorge Teixeira, onde Rodrigo Marques Silva foi morto a tiros (Antônio Menezes)

O desempregado Rodrigo Marques Silva, 18, jogava bola na rua em que morava quando foi atingido por vários tiros na tarde de quarta-feira (25). Ele morreu no local. O crime aconteceu na rua Laço do Amor, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. A via é conhecida por ser cenário de vários homicídios.

A Polícia Civil suspeita que o crime seja motivado por acerto de contas. Um veículo de cor prata foi visto dando volta nas proximidades da rua durante a manhã. Moradores não quiseram ser identificados por medo de represália, mas informaram que dois homens procuraram por Rodrigo por volta de 10h.

A dupla, desconhecida pela vizinhança, passou minutos batendo à porta esperando que a vítima abrisse. Sem sucesso, eles foram embora. À tarde, a vítima começou a jogar futebol com amigos na rua Laço do Amor.

Moradores contaram que viram o momento em que um carro estacionou em uma via principal e um homem armado desceu do veículo e caminhou alguns metros em direção de Rodrigo diante dos colegas da partida de futebol.

Ele efetuou os disparos e fugiu. À reportagem, vizinhos disseram conhecer a realidade violenta da rua e entraram para casa quando perceberam o homem armado na rua sem sequer esconder o rosto. Quando saiu da rua, o homem teria trocado de roupa para não ser reconhecido.

Os moradores mencionaram também que a família de Rodrigo tentava combater o uso de drogas do filho desde quando ele tinha 13 anos de idade.  A  quantidade de tiros não foi divulgada, mas os disparos atingiram as costas, tórax e pescoço da vítima.

O jovem já tinha realizado furtos e era jurado de morte por um dos traficantes que dominam o comércio ilegal de entorpecente na região, conforme informou Eber Bezerra, investigador da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), situada na Zona Leste da capital."Um dos suspeitos é o 'Mãozinha'. É possível que Rodrigo estivesse em dívida por conta do tráfico de drogas", afirmou. As investigações devem sob a coordenação da equipe da DEHS.

Violência na rua

Pelo menos quatro grande ocorrências policiais foram registrados na rua Laço do Amor. Na noite do dia 16 de maio, a idosa Francisca Alves de Oliveira, 64, foi morta com quatro tiros na cabeça  dentro da casa dela. A vítima teria sido morta por traficantes da área que desconfiavam que ela teria denunciado todos eles à polícia. Na época, familiares negaram essa versão. Em 6 de fevereiro desse ano, o neto de Francisca, Jheimesson William Oliveira Cavalcante, 22, tinha sido morto com um tiro no abdômen.

Além desses, outros quatro assassinatos ocorreram na rua Laço do Amor em 2014, como o triplo homicídio de 19 abril em suposta rixa entre traficantes, e de um motoboy de 18 anos no dia 10 de abril. O local é conhecido pela criminalidade e por ter diversos pontos de venda de droga. Este ano, a polícia também prendeu seis homens na Laço do Amor com armas e drogas durante orgia.